Já garantidos na elite do futebol paulista, Mirassol e Santo André disputam título da Série A-2

Por ter a melhor campanha durante a primeira fase, Leão busca em casa sua primeira taça da segunda divisão paulista e vaga na Copa do Brasil

Já garantidos na elite do futebol paulista, Mirassol e Santo André disputam título da Série A-2
Maião deverá estar lotado para o duelo; telão em frente a Prefeitura de Santo André também irá atrair andreenses (Foto: Divulgação/ Mirassol FC)
Mirassol
Santo André
Mirassol: Edson; Cleiton, Ferreira, Reniê, Alexandre; Mateus Silva, Betinho (Jardson Sapé), Xuxa, Wagner; Júlio César(Murilo Oliveira), Renatinho.
Santo André: Zé Carlos; Apodi, Samuel, Diogo Borges, Pedro Henrique; Agenor, Diogo Orlando, Tiago Ulisses, Branquinho; Guilherme Garré, Antônio Flávio.
ÁRBITRO: Vinicius Gonçalves Dias Araujo.
INCIDENCIAS: Partida final válida pelo Campeonato Paulista Série A-2. Realizada no Estádio José Maria de Campos Maia.

No início da noite deste sábado (7) Mirassol e Santo André decidem o título do Campeonato Paulista Série A-2. Após quartas e semi-finais decididas em partidas de ida e volta, a grande final será decidida em partida única, realizada no Estádio José Maria de Campos Maia, na cidade de Mirassol.

Leão busca usar a força do Maião para vencer retrospecto negativo diante do clube do ABC

Apontado como um dos principais favoritos desde o início da competição, o Mirassol vêm fazendo uma ótima campanha nesta temporada. Nas 19 partidas da primeira fase foram 11 vitórias, quatro empates e somente quatro derrotas, garantindo assim a terceira posição na classificação geral, a somente dois pontos do líder São Caetano.

Já na fase de mata a mata, o Leão seguiu vencendo sem muitas dificuldades, derrotando seus adversários dentro e fora de casa. A primeira vítima foi o União Barbarense, e por último o Batatais. Uma das principais equipes do interior nos últimos anos, o Mirassol jamais venceu a Série A-2 do Paulistão. 

"Acho que o mais importante nós fizemos e buscamos o acesso numa competição dificílima. Mas jogando perante a nossa torcida e, com casa cheia, o título cairia ainda melhor. Respeitamos e muito o nosso adversário, no entanto, vamos lutar para ficar com o caneco", revelou Xuxa, principal destaque do Leão na competição e autor dos dois tentos da equipe nas semi-finais.

Os laterais Luiz Fernando e Marcílio são os únicos desfalques para o treinador Moisés Egerts. Entretanto, o zagueiro Ferraira está recuperado de lesão e deve retornar entre os titulares

Após classificação sofrida na primeira fase, Ramalhão ressurge e busca sua terceira taça da A-2

O Santo André finalmente está de volta à Série A1 do Campeonato Paulista. A primeira fase não foi nada fácil para os andreenses. A classificação para a segunda parte da competição só veio na última rodada, e não foi com uma vitória. Mesmo com o apoio de sua torcida, o Ramalhão somente empatou com o rebaixado Paulista de Jundiaí.

Nas fases eliminatórias, classificação sofrida diante do rival São Caetano e um pouco mais tranquila enfrentando o Barretos. Principal arma do Ramalhão nesses dois confrontos, o Estádio Bruno José Daniel junto com a massa andreense foi fundamental para a chegada da equipe até a final.

Se deixar de atuar em casa é uma desvantagem, o retrospecto diante do Leão é um dos principais pontos positivos da equipe do ABC. Em 13 confrontos entre as equipes, são oito vitórias do Ramalhão, três empates e apenas duas vitórias do Mirassol. Na primeira fase, o duelo entre os finalistas foi realizado no ABC, e foram os zagueiros Diogo Borges e Samuel Terram quem garantiram a vitória para o Ramalhão.

Para Toninho Cecílio, a única baixa será o lateral esquerdo Paulo, expulsou na partida de volta diante do Barretos. “O profissional vive de conquistas. Temos um adversário difícil pela frente, que jogará em casa. Mas está em jogo o título, um troféu para a história do clube e a vaga na Copa do Brasil. Nós vamos estar com a mesma concentração e ambição de ganhar, que foram apresentadas anteriormente. Tenho total confiança no grupo”, ressaltou Toninho.