Futebol: tudo o que você precisa saber para o Rio 2016

Saiba tudo sobre o esporte mais popular do mundo com este guia preparado pela VAVEL Brasil

Futebol: tudo o que você precisa saber para o Rio 2016
Futebol: tudo que você precisa saber para o Rio 2016

Considerado o esporte mais popular do mundo, o futebol será uma das grandes atrações nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Pensando nisso, a VAVEL Brasil preparou um guia para lhe informar sobre tudo que você deve e precisa saber sobre este esporte tão jogado por todo mundo nestas Olimpíadas.

Praticando desde a antiguidade, mas organizado pelo ingleses a partir do século 19, o futebol foi o segundo esporte coletivo a entrar oficialmente nos Jogos Olímpicos, atrás apenas do pólo aquático, em 1908, em Londres. Desde então, o futebol só perdeu apenas uma Olimpíadas: a de Los Angeles, em 1932.

Já o futebol feminino foi introduzido às Olimpíadas bem mais tarde, em 1996, nos jogos de Atlanta. Nos Jogos Rio 2016, 16 países disputam o título masculino, enquanto 12 seleções competem no torneio feminino.

Local onde será realizado

Maracanã, palco de abertura e encerramento dos jogos (Foto: Getty Images)
Maracanã, palco de abertura e encerramento dos jogos (Foto: Getty Images)

Haverá sete locais onde o amante de futebol poderá assistir a uma partida nos Jogos Olímpicos Rio 2016: Arena Corinthians, em Itaquera/SP; Arena da Amazônia, em Manaus/AM; Arena Fonte Nova, em Salvador/BA; Estádio Mané Garrincha, em Brasília/DF; Estádio Olímpico, em Porto Alegre/RS; Maracanã, no Rio de Janeiro; e Mineirão, em Belo Horizonte/MG.

Campeões em Londres 2012

Peralta, algoz do Brasil nos Jogos Olímpicos Londres 2012 (Foto: Lars Baron/Fifa)
Peralta, algoz do Brasil nos Jogos Olímpicos Londres 2012 (Foto: Lars Baron/Fifa)

O México venceu o Brasil na final dos Jogos Olímpicos Londres 2012, em Londres, e conquistou seu primeiro ouro olímpico. A partida, realizada no estádio Wembley, terminou 2 a 1 para os mexicanos, que superaram a talentosa safra brasileira com dois gols do atacante Oribe Peralta. Hulk descontou para o Brasil.

Para chegar à final, o México se classificou em primeiro do Grupo B, onde venceu Gabão e Suíça, além de empatar com a Correia do Sul. Nas quartas de final, enfrentou a seleção de Senegal em um duelo truncado que durou até a prorrogação após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar. Com mais 30 minutos para jogar, os mexicanos marcaram duas vezes (Giovani dos Santos e Héctor Herrera) e avançaram às semifinais.

Na última etapa antes de chegar à sonhada final do torneio, o México encarou o Japão. Tomou um susto aos 12 minutos de jogo quando o meio-campista Yuki Otsu colocou aos japoneses em vantagem, mas logo empataria com Marco Fabián, passaria à frente em belo gol de Peralta e fecharia o placar, nos acréscimos do segundo tempo, com Javier Cortés.

México contra Brasil. A grande final. O jovem selecionado canarinho, que tinha no ataque uma estrela em ascensão chamada Neymar, via a oportunidade de quebrar a escrita e finalmente trazer o ouro para casa. Entretanto, não foi isso que acontecera. Logo no primeiro minuto de jogo, Peralta estufou a rede do goleiro Rafael. O mesmo Peralta marcaria novamente aos 30 minutos da segunda etapa e viraria o algoz dos brasileiros. Hulk descontou nos acréscimos, mas de nada adiantara. Ouro inédito para a Seleção Mexicana e mais uma prata à Seleção Brasileira – havia perdido também em 1984 e 1988.

Melhor do mundo, Carli Lloyd (#10) ajudou os Estados Unidos a vencer o Japão por 2 a 1 na final de Londres 2012 (Foto: Ronald Martinez/Getty Images)
Melhor do mundo, Carli Lloyd (#10) ajudou os Estados Unidos a vencer o Japão por 2 a 1 na final de Londres 2012 (Foto: Ronald Martinez/Getty Images)

A seleção feminina dos Estados Unidos confirmou o favoritismo nos Jogos Olímpicos Londres 2012 e conquistou sua quarta medalha de ouro olímpica. Na final, as estadunidenses bateram a Seleção Japonesa, por 2 a 1, no estádio Wembley. Hoje melhor jogadora do mundo, a meio-campista Carli Lloyd marcou duas vezes; Yuki Ogimi anotou o do Japão.

Durante a primeira fase, o Estados Unidos ficou no Grupo G, onde foi soberano e obteve 100% de aproveitamento: vitórias ante Colômbia, Coréia do Norte e França. No mata-mata, derrotou Nova Zelândia (2 a 0) nas quartas de final e passou sufoco para superar o Canadá, cujo marcara o quarto gol da vitória por 4 a 3 nos acréscimos do segundo tempo da prorrogação.

Em um jogo truncado na final, o talento de Lloyd brilhou e a meio-campista guardou duas vezes, sacramentando a vitória a seleção feminina dos EUA por 2 a 1 diante do Japão. A atacante Ogimi marcou o tento de honra das asiáticas.

Favoritos para Rio 2016

Vice em Londres 2012, Neymar terá mais uma chance de ajudar a Seleção Brasileira a conquistar o sonhado ouro olímpico (Foto: Getty Images)
Vice em Londres 2012, Neymar terá mais uma chance de ajudar a Seleção Brasileira a conquistar o sonhado ouro olímpico (Foto: Getty Images)

Assim como na maioria das competições olímpicas, a seleção masculina do Brasil é, sem dúvida, uma das favoritas à conquista dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Embora muito se discuta sobre o trabalho do técnico Dunga, o potencial dos jovens atletas brasileiros é indiscutível e ainda contará com a presença do craque Neymar, liberado pelo Barcelona para disputa do torneio.

O selecionado canarinho visa conquistar o sonhado ouro olímpico. Levou a medalha de prata três vezes (1984, 1988 e 2012) e ficou com o bronze em duas olimpíadas (1996 e 2008).

Assim como a seleção masculina, a feminina também pode ser considerada uma das favoritas ao ouro olímpico. Porém, as brasileiras terão a concorrência das atuais campeãs: os Estados Unidos. Há também as garotas da Alemanha, quem sempre incomodam em olimpíadas – vide os bronzes obtidos em 2000, 2004 e 2008.

Curiosidades do esporte

- O Brasil e a Alemanha, duas das maiores potências do futebol mundial que juntas possuem nove títulos mundiais, jamais foram campeãs olímpicas de futebol. Apenas a antiga Alemanha Oriental terminou uma olimpíadas com o ouro, em 1976.

- Devido ao bicampeonato olímpico de futebol em 1924 e 1928, o Uruguai teve a honra de ser escolhido para sediar a primeira Copa do Mundo, em 1930.

- Nos Jogos Olímpicos Los Angeles 1984, o Brasil foi quase que totalmente representado pelos jogadores do Internacional e conseguiu chegar à final. Contudo, acabou perdendo a decisão para a França, por 2 a 0.

- As únicas seleções anfitriãs que ganharam o torneio olímpico foram as seleções da Inglaterra em 1908, Bélgica em 1920 e Espanha em 1992. No torneio feminino, apenas os Estados Unidos, em 1996.

- A meio-campista brasileira Formiga é a única atleta a ter participado de todos os cinco torneios de futebol feminino.

Quadro geral de medalhas

##### Países Ouro Prata Bronze Total
1 Estados Unidos 4 2 1 7
2 Hungria 3 1 1 5
3 Inglaterra 3 0 0 3
4 Argentina 2 2 0 4
5 União Soviética 2 0 3 5
6 Uruguai 2 0 0 2
7 Iugoslávia 1 3 1 5
8 Espanha 1 2 0 3
Polônia 1 2 0 3
10 Alemanha Oriental 1 1 1 3
11 Tchecoslováquia 1 1 0 2
França 1 1 0 2
Nigéria 1 1 0 2
14 Itália 1 0 2 3
Noruega 1 0 2 3
Suécia 1 0 2 3
17 Bélgica 1 0 1 2
Canadá 1 0 1 2
19 Camarões 1 0 0 1
México 1 0 0 1
21 Brasil 0 5 2 7
22 Dinamarca 0 3 1 4
23 Bulgária 0 1 1 2
Japão 0 1 1 2
25 Áustria 0 1 0 1
China 0 1 0 1
Paraguai 0 1 0 1
Suíça 0 1 0 1
29 Alemanha 0 0 3 3
Holanda 0 0 3 3
31 Alemanha Ocidental 0 0 1 1
Chile 0 0 1 1
Coréia do Sul 0 0 1 1
Equipe Alemã Unida  0 0 1 1
Gana 0 0 1 1
##### Total 30 30 31 91