Oeste derrota CRB de virada e soma primeiro triunfo na Segundona

Alagoanos abriram o marcador no primeiro tempo, mas paulistas viraram partida nos minutos finais

Oeste derrota CRB de virada e soma primeiro triunfo na Segundona
(Foto: Divulgação/CBF)
Oeste
2 1
CRB
Oeste: Felipe Alves; Bruno Lima (Léo Bahia – intervalo), Bruno Silva e Francis; Velicka, Matheus Vargas (Renan Mota – 27’/2ºT), Clébson e Mazinho (Francisco Alex – 18’/2ºT); Maurinho, Ricardo Bueno e Léo Artur. Técnico: Fernando Diniz.
CRB: Juliano; Marcos Martins, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego Corrêa; Matheus Galdezani, Olívio, Dakson (Wigor – 29’/2ºT), Gérson Magrão e Luidy (Jonathan Bocão – 43’/2ºT); Neto Baiano (Lúcio Maranhão – 26’/2ºT). Técnico: Mazola Júnior.
Placar: 0-1, Luidy, 33'/1ºT. 1-1, Léo Artur, 25'/2ºT. 2-1, Ricardo Bueno, 41'/2ºT.
ÁRBITRO: Marcos Mateus Pereira (MS), auxiliado por Cícero Alessandro de Souza (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (Aspirante FIFA/MS) | Cartões amarelos: Bruno Lima (OES - 16'/1ºT), Wigor (CRB - 45'/2ºT) e Francis (OES - 46'/2ºT)
INCIDENCIAS: Partida realizada no Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco/SP. Jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016. Confronto realizado na noite desta terça-feira (24).

Oeste e CRB fizeram um jogo movimentado, com um tempo para cada clube. Os alagoanos dominaram o primeiro tempo e abriram o marcador. No segundo tempo, os paulistas mudaram a postura tática e viraram a partida nos minutos finais. Assim, o Rubrão venceu por 2 a 1. Luidy abriu o marcador para os visitantes, enquanto os mandantes viraram com Léo Artur e Ricardo Bueno. O jogo foi realizado na noite desta terça-feira (24), no Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco/SP. O confronto foi válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016.

Com o resultado, o Rubrão ocupa temporariamente o nono lugar, com quatro pontos ganhos. Por outro lado, o Galo sofre a segunda derrota consecutiva e cai para o 15º lugar, com três pontos somados. A próxima rodada será realizada neste fim de semana, e as equipes entram em campo nesta sexta-feira (27). O CRB enfrenta o Criciúma no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, às 19h15; enquanto o Oeste mede forças contra o Paraná Clube no Estádio Durival de Britto, a Vila Capanema, às 20h30.

CRB tem melhores chances e abre vantagem no primeiro tempo

O Oeste tentou impor o ritmo de jogo, mas o CRB não deu espaços para os mandantes atacarem. O time alagoano apertou a marcação e aproveitou para dominar o primeiro tempo, principalmente no quesito oportunidades de gol. Aos sete minutos, Neto Baiano arrancou pela direita, passou pela marcação e cruzou no meio da área. Gérson Magrão chegou a tempo, mas chutou para fora e desperdiçou clara chance de abrir o placar. Os mandantes chegaram aos 13, quando Léo Artur cabeceou com perigo e Juliano salvou o CRB.

Foi a única chance do Rubrão. O Galo dominou o jogo a partir desse momento. Aos 14 minutos, Gérson Magrão fez lançamento aéreo para Marcos Martins. O lateral saiu frente a frente com o goleiro Felipe Alves e conseguiu tirar o arqueiro da jogada, mas a bola não entrou por muito pouco. Nova oportunidade para os alagoanos aos 28 minutos. Neto Baiano ficou sozinho com Felipe Alves e o goleiro fez grande defesa. No rebote, o centroavante regatiano perdeu o tempo da bola e não conseguiu abrir o marcador com o gol completamente vazio.

Depois de perder gol incrível, Neto Baiano deixou o grupo alvirrubro na bronca mais uma vez. O camisa 9 avançou pela diagonal e arriscou, mas pegou mal na bola e isolou a finalização. Após tanta insistência e inúmeras chances perdidas, o CRB conseguiu abrir o placar e sair na frente do marcador com uma jogada pelo outro lado de ataque. Luidy recebeu longo lançamento de Matheus Galdezani no campo de defesa, avançou pela esquerda, passou por Francis e Bruno Lima e encheu o pé. A pelota bateu no travessão e entrou. O Oeste tentou responder de todo o jeito, mas a desordem não resultou em chances de gol.

Oeste muda postura e vira o jogo na reta final

Atrás no placar, o Oeste precisava mudar sua apresentação no gramado para ter um resultado melhor. Por isso, o técnico Fernando Diniz adotou a postura ofensiva e os seus comandados foram ao ataque com mais organização. O time trocava muitos passes, mas encontrava dificuldade na conclusão de jogadas. O CRB procurou se defender para garantir a segunda vitória fora de casa.

Aos poucos, os mandantes começaram a levar perigo ao gol defendido por Juliano. Aos 22 minutos, Clébson encheu o pé e chutou forte de fora da área. A zaga desviou o ataque. Aos 25, não teve jeito do Galo se defender. Em tabela entre Ricardo Bueno e Francisco Alex, o atacante saiu na cara do gol e chutou em cima de Juliano. No rebote, Léo Artur colocou a bola nas redes e empatou o jogo em Osasco.

O Oeste continuou no domínio do jogo. Animado com o empate, a meta era a virada. Aos 28 minutos, Velicka chutou forte de fora da área e o arqueiro do CRB fez excelente defesa. Aos 35, Clébson recebeu a bola e bateu cruzado. A pelota bateu no travessão e foi pela linha de fundo. Os alagoanos tiveram uma única chance de responder aos 39 minutos, quando Lúcio Maranhão tocou para Gérson Magrão. O meia driblou o goleiro Felipe Alves, mas demorou para concluir a jogada. O lance perdido custou caro ao Regatas. Aos 41, Francisco Alex cruzou para Ricardo Bueno e o centroavante conseguiu deixar sua marca, virar o jogo e garantir a vitória do Oeste, a primeira no Campeonato Brasileiro da Série B.