ASA surpreende Remo fora de casa e entra no G-4 do Grupo A da Série C

Importante vitória deixa equipe alvinegra entre os quatro melhores da chave, Leão Azul não vence no reencontro com o torcedor

ASA surpreende Remo fora de casa e entra no G-4 do Grupo A da Série C
(Foto: Divulgação/CBF)
Clube do Remo
0 1
ASA
Clube do Remo: Fernando Henrique; Murilo, Brinner, Max e Fabiano; Lucas Garcia, Yuri, Allan Dias (João Victor – 21’/2ºT) e Eduardo Ramos; Fernandinho (Hericles – 38’/2ºT) e Ciro (Sílvio – 06’/2ºT). Técnico: Marcelo Veiga.
ASA: Thiago; Júnior, Williames José, Rayan e Igor; Jorginho, Diogo (Aurélio – 18’/2ºT), Ramalho e João Paulo; Jeferson (Kessi – 35’/2ºT) e Klenisson (Ivan – 25’/2ºT). Técnico: Jaelson Marcelino.
Placar: 0-1, Jeferson, 17'/1ºT.
ÁRBITRO: Antônio Rogério Batista do Prado (SP), auxiliado por Daniel Luís Marques (SP) e Vaneide Vieira de Góis (SE) | Cartões amarelos: Max (CR - 36'/1ºT) e Allan Dias (CR - 46'/1ºT).
INCIDENCIAS: Partida realizada no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém/PA, na noite desta segunda-feira (30). Confronto válido pela segunda rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C 2016.

Antes do campeonato iniciar, o ASA era apontado como uma equipe que enfrentaria muitas dificuldades no Campeonato Brasileiro da Série C. Problemas fora de campo, salários atrasados, debandada de parte do elenco, rescisão de outros, maus resultados no Campeonato Alagoano; os problemas eram vários. No torneio nacional, o time apresenta uma postura diferente após todos os baques sofridos nos cinco primeiros meses do ano.

Em jogo realizado no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém/PA, o alvinegro arapiraquense venceu o Clube do Remo por 1 a 0, com gol marcado por Jeferson, na etapa inicial. Era o reencontro do torcedor azulino com a equipe após a disputa do Paraense e o primeiro duelo dentro de casa do Leão, no duelo válido pela segunda rodada da fase de grupos e realizado na noite desta segunda-feira (30).

Com o resultado, os alagoanos conquistaram a primeira vitória na Série C e entraram no G-4 ao assumir a terceira colocação, com quatro pontos ganhos. Por outro lado, os paraenses caíram para o oitavo lugar, com um ponto ganho.

A próxima rodada será realizada no final desta semana e as duas equipes voltam a entrar em campo neste domingo (05). O ASA recebe o Salgueiro às 16 horas no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca/AL; enquanto o Clube do Remo encara o River-PI no Estádio Albertão, em Teresina/PI, às 19 horas.

ASA abre vantagem no primeiro tempo e se defende

Diferente do esperado, o ASA partiu para cima e buscou abrir o marcador, mesmo fora de casa. Aos três minutos, Diogo cobrou escanteio com muito efeito e quase marcou gol olímpico. O goleiro Fernando Henrique tirou a bola em cima da linha. Com essa postura inesperada da equipe alagoana, os donos da casa passaram a apostar nos contra-ataques e no talento individual de Eduardo Ramos para criar jogadas de perigo.

Aos poucos, o Clube do Remo começou a levar perigo à meta adversária. Aos 12 minutos, Eduardo Ramos levantou bola na área, mas Brinner desviou de cabeça e errou. Dois minutos depois, Eduardo Ramos avançou até a entrada da área e chutou forte. A bola passou muito perto do gol. A resposta do ASA foi à altura. Aos 16 minutos, Klenisson avançou em velocidade e cruzou rasteiro na área do Remo. Max desviou para o próprio gol e Fernando Henrique evitou o gol contra. Brinner afastou o perigo em seguida. No minuto seguinte, Igor cruzou na área e Jeferson apareceu sozinho no meio da área para cabecear e abrir o marcador.

Depois de sofrer o gol, o Remo foi ao ataque. Aos 20 minutos, Fernandinho recebeu a bola na entrada da área e arriscou. A bola bateu na defesa e foi para escanteio. Aos 24, Murilo fez lançamento para Ciro pelo alto e o atacante não dominou bem. Thiago ficou com a sobra. Em seguida, Eduardo Ramos cobrou falta e a defesa afastou para escanteio. O próprio meia cobrou e o arqueiro do ASA tirou com um soco.

Os paraenses mantinham a pressão, embora os alagoanos levassem perigo nos contra-ataques. Aos 34 minutos, Eduardo Ramos cobrou falta com bola na área. Max desviou de cabeça, a defesa cortou, mas a bola voltou na área e Ciro tentou finalizar. Porém, a arbitragem assinalou impedimento do atacante. Aos 46, Eduardo Ramos cobrou falta fechado, Allan Dias desviou para dentro do gol com a mão. Mais uma vez, o lance foi anulado e o primeiro tempo terminou com vitória alvinegra.

ASA segura pressão do Remo e conquista triunfo

Com a necessidade do resultado positivo no reencontro com o torcedor azulino, o Clube do Remo estava determinado a partir ainda mais para o ataque em busca do empate. E não mediu esforços para isso e pressionou bastante. Os paraenses rodavam a bola no meio de campo, mas encontravam dificuldade para passar pela forte marcação do ASA.

O time de Arapiraca teve, em duas oportunidades consecutivas, a chance de marcar e aumentar a vantagem construída fora de casa. Aos 19 minutos, Jorginho arriscou de muito longe e Fernando Henrique defendeu em dois tempos. No lance seguinte, Jeferson entrou na área do Remo e chutou com força no canto direito, mas o arqueiro leonino novamente fez providencial defesa e evitou o gol.

Com o avanço do fim do jogo, o Remo passou a encurralar o adversário na área e finalizar de todo o jeito para, ao menos, conquistar o empate. Aos 37 minutos, Eduardo Ramos cruzou na área, Lucas Garcia desviou de cabeça e João Victor completou de bicicleta e acertou o travessão. Dois minutos depois, em novo cruzamento, João Victor desviou de cabeça e Hericles bateu de primeira, mesmo sem ângulo. A pelota acertou o lado de fora da rede. A última oportunidade foi aos 50 minutos. Eduardo Ramos cobrou escanteio no meio da área e o goleiro Fernando Henrique, que foi ao ataque no desespero, cabeceou e a bola tirou tinta da trave.