Vitória para em Cavalieri e partida com Fluminense termina sem gols

Em partida lenta, as boas oportunidades criadas pela equipe do Vitória pararam em Diego Cavalieri

Vitória para em Cavalieri e partida com Fluminense termina sem gols
Foto: Francisco Galvão/EC Vitória
Vitória
0 0
Fluminense
Vitória: VITÓRIA: Caíque, Diego Renan, Victor Ramos, Kanu e Euller; Amaral (Marcelo), William Farias e Nickson (Vander); Dagoberto (David), Marinho e Kieza. Técnico: Vagner Mancini
Fluminense: FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Renato Chaves, Henrique e William Matheus; Douglas, Dudu (Marcos Júnior), Cícero e Maranhão; Osvaldo (Samuel) e Magno Alves (Richarlison). Técnico: Levir Culpi
ÁRBITRO: Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP) auxiliado por Daniel Paulo Ziolli (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Barradão, em Salvador

Na noite deste domingo (10), Vitória e Fluminense encerraram a noite de jogos em duelo para se distanciar da zona de rebaixamento. Melhor na partida, o Vitória pressionou, se manteve boa parte do tempo no campo de ataque, mas parou no goleiro Diego Cavalieri, que, em grande noite, foi o principal motivo do confronto terminar sem gols.

Com o resultado, os times seguem empatados na tabela com 18 pontos. O Tricolor Carioca leva vantagem no saldo de gols e por isso ocupa a 11ª posição, uma acima do rubro-negro baiano. O Vitória volta a campo no próximo sábado (16), enfrenta o Atlético-PR fora de casa, às 18h30. Já o Fluminense recebe o Cruzeiro no domingo (17), às 16h.

Em noite inspirada, Diego Cavalieri salva Flu

Escalado de forma ofensiva, com um trio de três atacantes formado por Dagoberto, Kieza e Marinho, o Vitória começou a partida imponente, pressionando o Flu, e, só não abriu o placar logo aos sete minutos graças à grande defesa de Cavalieri. Kieza escorou e Nickson bateu forte, mas a bola parou no goleiro. Na jogada seguinte, foi a vez de Marinho levar perigo. O atacante, ai cobrar bem falta, obrigou Diego Cavaliei a fazer outra grande defesa.

Aos 31 minutos, novamente com Marinho, o Vitória levou perigo quando o atacante apareceu bem na área e quase fez um golaço, após dar um chapéu no adversário e bater para outra grande defesa de Cavalieri. Fluminense, por sua vez, só levou perigo aos 44 minutos, mas o chute de Dudu passou raspando à meta de Caíque.

Flu volta do intervalo com Richarlison e Samuel mas não alcança gol

Ao ver o time carioca sem conseguir levar perigo, o técnico Levir Culpi, fez duas alterações no intervalo colocando dois atacantes: Richarlison e Samuel. No entanto, os donos da casa seguiram melhores. Aos 14 minutos, o zagueiro Victor Ramos quase marcou de cabeça, mas Cavalieri espalmou.

Aos 32 minutos da etapa final, foi a vez do goleiro Caíque salvar sua equipe. O Fluminense arrancou em contra-ataque, Marcos Junior tocou para Maranhão, que, livre, parou no defensor rubro-negro. No fim da partida, mais uma vez, Cavalieri evitou o gol baiano ao defender cobrança de falta, fazendo assim o duelo terminar sem gols.