Keirrison marca duas vezes e Londrina surpreende Atlético-GO no Serra Dourada

Atacante foi oportunista nas chances que teve e conseguiu garantir importante vitória fora de casa do Tubarão contra o Dragão

Keirrison marca duas vezes e Londrina surpreende Atlético-GO no Serra Dourada
Foto: Divulgação/Atlético-GO
Atlético-GO
1 2
Londrina
Atlético-GO: Márcio; Matheus Ribeiro (Ednei, min. 81), Marllon, Lino e Michel; Pedro Bambu, William Schuster, Magno Cruz, Marquinho e Jorginho (Júnior Viçosa, min. 46); Alison. Técnico: Marcelo Cabo
Londrina: Marcelo Rangel; Lucas Ramon, Matheus, Luizão (Everton Sena, min. 47) e Paulinho; Jumar, Germano, Rafael Gava e Zé Rafael; Jô e Keirrison (Itamar, min. 79). Técnico: Cláudio Tencati
Placar: 0-1, min. 35, Keirrison. 1-1, min. 74, Marllon. 1-2, min. 75, Keirrison.
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto (SP) Cartões Amarelos: Atlético-GO: Magno Cruz (min. 12) Londrina: Matheus (min. 69)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016

Nessa terça (12) Atlético-GO e Londrina se enfrentaram no Serra Dourada pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016. Em partida disputada entre duas propostas, uma de ataque e posse de bola e outra de marcação e contra-golpe, a segunda levou a melhor. O Londrina venceu por 2 a 1 com dois gols de Keirrison, um aos 35 minutos do primeiro tempo e outro aos 30 do segundo, um minuto após Marllon ter empatado para o Dragão.

Com a vitória o Londrina chegou aos 24 pontos e pegou o elevador na tabela ocupando temporariamente o quinto lugar na competição, já o Atlético para nos 29 pontos e está na segunda colocação e além de não poder alcançar a liderança do torneio, ainda pode cair para o quarto lugar ao término da rodada.

Na próxima rodada o Londrina recebe no estádio do Café, o Sampaio Corrêa no sábado (23) às 16h. Já o Atlético visita no mesmo dia porém às 21h, o Tupi em Juiz de Fora.

Primeiro tempo de poucas chances e muita vontade de ambos os lados

O início do cotejo foi marcado pela posse de bola do time da casa que tentava criar chances a partir disso, enquanto o Londrina esperava mais na defesa e buscando explorar os contra-ataques. Porém, as oportunidades rarearam e a primeira só foi ocorrer aos 22 minutos quando Jorginho recebeu no lado direito e cruzou para Marquinho que tentou volear porém pegou mal e mandou por cima da meta.

Aos 29 veio uma nova chance do Dragão, Michel deu bom passe para Jorginho que limpou a marcação e finalizou obrigando assim a Marcelo Rangel a fazer boa intervenção, evitando a abertura do placar naquela altura. A resposta do Londrina veio em grande estilo com Keirrison que aproveitou rebote da bola parada cobrada por Jumar e completou bem pro gol vencendo com tranquilidade o arqueiro Márcio. 35 minutos, 1 a 0 Londrina.

Após sofrer o gol, o Dragão partiu para cima, tentando empatar ainda no primeiro tempo. Na base da bola parada, em duas cobranças de escanteio, Marquinho mandou na área. Na primeira, a zaga afastou o perigo. Na segunda, o goleiro Marcelo Rangel chegou socando tudo que havia pela frente. O nervosismo impediu que o time atleticano conseguisse seu gol e o primeiro tempo terminou com vantagem londrinense.

Segundo tempo fica mais franco e times buscam mais o ataque, exigindo trabalho dos goleiros

Na metade final da primeira etapa enquanto o Atlético ainda assimilava o golpe e o conjunto paranaense se mantinha fiel a sua estratégia apenas esperando o erro rival, vencendo assim por 1 a 0 no intervalo.

Depois da parada a peleja demorou a esquentar, tanto que a primeira oportunidade foi visitante e aos 11 minutos quando Keirrison recebeu cruzamento do lado esquerdo, dominou, girou sobre a marcação e arrematou porém a pelota foi pra fora. Três minutos depois o Atlético teve uma nova chance com Matheus cruzando da direita para Júnior Viçosa que subiu mais alto que a marcação e cabeceou ao lado do gol.

Com 16 o time do Paraná voltou a carga com Rafael que arriscou de fora da área e fez com que Márcio e a defesa trabalhassem para evitar o gol. Dez minutos depois o Dragão voltou a assustar com Michel batendo forte e rasteiro ao lado da trave defendida por Marcelo Rangel. Aos 29 veio o empate com Marquinho cruzando da direita, Júnior Viçosa desviando e a bola batendo na trave antes de Marllon completar pro gol no rebote.

Um minuto depois veio o balde de água fria para o time da casa e a resposta perfeita dos visitantes com Rafael Gava cruzando da direita para Keirrison que livre mandou pras redes pra colocar o Tubarão de novo na frente. Depois do tento ambos os times pareceram seguir nas suas propostas anteriores aos gols e voltaram a ter problemas para criar oportunidades.