Corinthians empata com São Paulo na Arena e vê Palmeiras abrir vantagem na ponta

Em jogo movimentado que contou com o retorno de Elias aos gramados, Cueva marcou em seu jogo de estreia; Bruno Henrique empatou

Corinthians empata com São Paulo na Arena e vê Palmeiras abrir vantagem na ponta
Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians
Corinthians
1 1
São Paulo
Corinthians : Cassio, Fagner, Balbuena, Yago, Uendel; Bruno Henrique, Rodriguinho (Elias, min 58), Giovanni Augusto (Guilherme, min 66), Marquinhos Gabriel (Rildo, min 76); Danilo.
São Paulo: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio, Mena; Hudson, Thiago Mendes, Michel Bastos (Luís Araujo, min 64); Centurión (Gilberto, min 61), Cueva, Ytalo (Wesley, min 77).

Com direito a recorde de público anual na Arena, Corinthians e São Paulo empataram por 1 a 1 em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Cueva abriu o placar para o Tricolor, oito minutos depois, Bruno Henrique empatou para os donos da casa. Com o resultado, o Timão vê a vantagem do Palmeiras aumentar para três pontos na liderança; já o São Paulo segue no meio da tabela, quatro pontos atrás do G4.

Gol tricolor e empate relâmpago do Timão

O clássico começou com muita disposição de ambos os lados, porém sem grandes chances de gol. Até que aos 13 minutos, Cueva entrou na área e aplicou um lindo corte em Yago, que perdeu o tempo da bola e cometeu pênalti. Na cobrança, gol do peruano em seu jogo de estreia, era o São Paulo abrindo o placar na Arena.

A alegria tricolor durou pouco, oito minutos depois, Danilo cruzou e Marquinhos Gabriel carimbou a zaga, no rebote, Bruno Henrique apareceu e no reflexo cabeceou para o fundo do gol, festa nas arquibancadas da Arena, era o empate do Timão.

Aos 28 minutos, o Corinthians quase virou, Marquinhos Gabriel cruzou e Rodriguinho finalizou no cantinho, obrigando o goleiro Denis a fazer uma belíssima defesa.

A partir desse momento, o primeiro tempo transcorreu da mesma forma que começou. Muita intensidade e nenhuma chance real de gol, com o Corinthians controlando as ações e o São Paulo apostando no contragolpe. 

Domínio Tricolor na segunda etapa 

A segunda parte do jogo começou frenética, logo aos três minutos, após linda triangulação São Paulina, Hudson saiu na cara do gol e Cassio foi preciso na saída, salvando o Timão.  Aos dez minutos, veio a resposta do Corinthians, Romero cabeceou firme e Denis fez mais uma defesaça.

O restante da segunda etapa mudou de perspectiva, o São Paulo passou a propor e mandar no jogo, e o Corinthians se acuou no seu campo, tendo muita dificuldade na saída de bola. As alterações feitas pelo treinador Cristovão Borges não surtiram efeito, e o time esteve muito desorganizado em campo, facilitando o domínio do São Paulo; que mostrou para sua torcida uma resposta, após a eliminação na Libertadores na última quarta (13).

Retorno de Elias e estreias no São Paulo

O jogo serviu para Elias retornar aos gramados, ele que estava parado a cerca de 30 dias por conta de uma fratura na costela, entrou aos 12 minutos do segundo tempo e teve atuação discreta por conta da nítida falta de ritmo de jogo. Já o São Paulo promoveu as estreias de Cueva e Gilberto, novos contratados do time. O Peruano começou com o pé direito e foi o autor do gol Tricolor no clássico.

A Arena Corinthians recebeu hoje seu maior público no ano de 2016, em jogo de torcida única para tentar evitar a violência entre os torcedores, 42.099 pagantes estiveram presentes no estádio na tarde deste domingo (17).

Na próxima rodada, o Corinthians joga em casa novamente, dessa vez contra o Figueirense, em jogo que deve promover a reestreia de Alexandre Pato na equipe. Já o São Paulo tem um jogo complicadíssimo contra o Grêmio, fora de seus domínios, na Arena Grêmio.