Paysandu reage no fim e consegue empate contra CRB

Equipe alagoana saiu perdendo por dois gols porém nos últimos 15 minutos consegue se recuperar e chegar a igualdade

Paysandu reage no fim e consegue empate contra CRB
Foto: Fernando Torres/Paysandu
2
2
2: Paysandu: Emerson; Edson Ratinho, Fernando Lombardi, Gilvan, Lucas; Domingues, Ricardo Capanema (Jhonathan, min. 64),Rafael Costa (Ruan, min. 46); Leandro Cearense, Fabinho Alves e Tiago Luis (Celsinho, min. 72) Técnico: Gilmar Dal Pozzo
2: CRB: Júlio César; Marcos Martins, Diego Jussani, Flávio Boaventura, Diego; Olívio, Matheus Galdezani, Gerson Magrão, Luidy (Wellinton Júnior, min. 69), Roger Gaúcho (Assisinho, min. 75); Zé Carlos (Neto Baiano, min. 63) Técnico: Mazola Júnior
Placar: 0-1, min. 28, Olívio. 0-2, min. 66, Neto Baiano. 1-2, min. 81, Leandro Cearense. 2-2, min. 92, Domingues.
ÁRBITRO: Sandro Meira Ricci (SC) Cartões Amarelos: Paysandu: Fernando Lombardi (min. 25), Edson Ratinho (min. 46) Cartões Vermelhos: Paysandu: Gilvan (min. 85) CRB: Wellinton Júnior (min. 85)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016

Nesse sábado (23) o Paysandu recebeu o CRB na Curuzu pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016. E num jogo emocionate e de muitas alternativas do ínicio ao fim, terminando num eletrizante por 2 a 2 com gols de Olívio e Neto Baiano para o CRB, e Leandro Cearense e Domingues para o Paysandu.

Com o empate o CRB chegou aos 32 pontos e caiu para o terceiro lugar do campeonato, já o Paysandu chegou aos 21 e está em 14º, ainda mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-4.

Na próxima rodada o CRB recebe na sexta (29) o Brasil de Pelotas às 19h15 no Rei Pelé, já o Paysandu joga novamente na Curuzu às 16h no sábado (30) diante do Vila Nova.

Os times começaram se estudando bastante com o Paysandu tentando dominar o jogo, e o time da casa especulando alguns contra-ataques, a primeira oportunidade foi alagoana aos 10 minutos quando Zé Carlos se aproveitou da falha da zaga e tentou encobrir o goleiro porém não conseguiu acertar o alvo, a resposta do Paysandu veio aos 18 com Rafael Costa que bateu forte para boa defesa de Júlio César que mandou para escanteio.

Em cobrança de falta aos 26 minutos, o CRB quase marcou com Diego Jussani que cabeceou ao lado do gol de Emerson, dois minutos depois Olívio chutou forte de fora da área para vencer o arqueiro rival e abrir o placar. O time da casa só voltaria a assustar aos 36 quando Rafael Costa passou raspando de cabeça porém não alcançou a pelota e perdeu boa chance de empatar o jogo.

Na parte final da primeira etapa, houve a última chance do time da casa aos 42 minutos com Gilvan que aproveitou cruzamento e cabeceou forte, obrigando Júlio César a boa intervenção para evitar o empate e assim foi mantido o placar do primeiro tempo com 1 a 0 CRB.

Na volta do intervalo, logo aos quatro minutos em bola parada o Paysandu quase empatou após bate-rebate na área e a pelota sobrou para Domingues que chutou no travessão e por pouco o empate não aconteceu. Aos oito minutos o Paysandu chegou mais uma vez com Edson Ratinho cruzou e Leandro Cearense cabeceou pra fora perdendo mais uma chance.

Com 17 minutos os visitantes tiveram sua primeira chance, Zé Carlos cabeceou e Emerson espalmou errado e a bola quase caiu dentro do gol e a mesma ainda tocou no travessão. Aos 21 minutos Roger Gaúcho ganhou dividida pela direita e cruza para Neto Baiano que de maneira oportunista desvia para o fundo do gol, dobrando a vantagem.

Na reta final do jogo aos 35 minutos Matheus Galdezani derrubou Celsinho na área e o árbitro marcou pênalti, na cobrança Leandro Cearense bateu forte no canto direito de Júlio César que foi para o canto oposto e diminuiu a vantagem visitante, aos 45 minutos Leandro Cearense cabeceou forte para boa defesa de Júlio César. Porém aos 47 minutos, Domingues recebeu livre na área e bateu firme para o gol e assim empatar o duelo em 2 a 2.