Londrina tem bom desempenho defensivo e consegue vitória no fim diante do CRB

Equipe paranaense consegue se segurar bem, suporta pressão do Galo da Pajuçara e vence fora de casa com golaço no último lance

Londrina tem bom desempenho defensivo e consegue vitória no fim diante do CRB
Foto: Douglas Araújo/CRB
CRB
0 1
Londrina

Neste sábado (20), o estádio Rei Pelé foi palco do enfrentamento entre CRB e Londrina, em jogo pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016. Numa partida em que o Galo teve o controle durante praticamente o tempo todo e grande atuação do sistema defensivo do Tubarão, o final foi premiado com um gol de Paulinho que garantiu a vitória do Tubarão fora de casa.

Com o revés, os regatianos permanecem com 33 pontos e caem para a 4ª colocação, que poderia garantir o acesso caso o torneio terminasse assim. Já os alvi-azulinos chegam aos 31 pontos e pulam à 6ª posição e ficando próximos do G-4. Na 21ª rodada, os paranaenses vão duelar com o Goiás na terça-feira (23), às 21h30, no estádio do Café. Já o time alagoano visitarão o Ceará no Castelão, na sexta-feira (26), às 21h30.

A partida começou conforme era esperado, com o CRB dominando as ações. Com apenas seis minutos de bola rolando, Luidy tocou rasteiro pelo meio e a defesa afastou. No rebote, Roger Gaúcho arrematou de primeira para boa defesa de Marcelo Rangel, que se esticou todo para evitar a inauguração do placar. Depois, uma nova chance para o Galo da Pajuçara, mas dessa vez com Luidy, que mandou de longe e a bola passou raspando a trave.

Na volta do intervalo, o roteiro foi muito semelhante e, logo com dois minutos, Luidy serviu Zé Carlos, que finalizou de primeira e parou em boa defesa do goleiro, que deixou um rebote. Matheus Galdezani tentou aproveitar, mas o camisa 1 defendeu novamente. Logo depois, Gerson Magrão tabelou com Zé Carlos e finalizou para a intervenção do arqueiro do time paranaense.

Mesmo com os mandantes ficando superiores, os times passaram a se se estudar bastante e tendo problemas para criar. Ainda assim, o CRB voltou a assustar quando Diego Jussani encheu o pé depois de boa boa cobrança de falta e Alan fez boa defesa, mandando pela linha de fundo.

No minuto seguinte, o Tubarão teve sua primeira oportunidade com Rafael Gava, que bateu falta na área. Everton Sena raspou e a pelota foi para fora. O visitante incomodou novamente apenas na reta final com Anderson, que finalizou forte e Júlio César espalmou pelo lado. Quando tudo já parecia se encaminhar para o empate, Paulinho, nos acréscimos, mandou de longe e no cantinho, levando a melhor ante o goleiro e fazendo o gol da vitória.