São José vence JV Lideral e sai na frente nas quartas da Copa do Brasil Feminina

Equipe de São Paulo tem vantagem para o jogo de volta; nas outras partidas, Cresspom venceu e São Francisco ficou no 0 a 0 com Foz Cataratas

São José vence JV Lideral e sai na frente nas quartas da Copa do Brasil Feminina
Foto: Divulgação/São José Futebol Feminino
JV Lideral (DF)
0 1
São José (SP)
JV Lideral (DF): Iza, Sereia, Suele, Rayana, Vanessa, Gisseli, Jackeline, Adriana, Rafaele, Mariza e Fernanda
São José (SP): Vivi, Raquelzinha, Bagé, Gislaine Boneco, Isa, Flavi, Peçanha, Bebel, Alanna, Rosana e Michele Carioca.
Placar: Luize (min. 22 do 2T)
ÁRBITRO: Asteliene Soares Milles, Adriana Oliveira Carvalho, Wivian Silva Pereira e Ranilton Oliveira de Sousa
INCIDENCIAS: Jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil Feminina, disputado no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, no Maranhão.

JV Lideral e São José entraram em campo na noite desta quarta-feira (21) e protagonizaram o último duelo do dia, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil de Futebol Feminino. Como esperado, a equipe paulista conseguiu a vitória simples por 1 a 0 no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, e leva vantagem para a decisão na próxima semana.

O São José vinha para o confronto embalado. Após levar a taça do Campeonato Paulista de Futebol Feminino, a equipe conquistou, diante do Rio Preto, o título dos Jogos Abertos do Interior 2016. Na última fase, a equipe havia eliminado o Atlético-AC na casa adversária, vencendo por 13 a 0. O time fez duas mudanças para o confronto, tirando a  atacante Luize Nery e colocando a meia Bebel, e a treinadora Emily Lima foi ausência.

Outro que teve vida fácil na outra fase da Copa do Brasil foi o JV Lideral, que venceu o Caucaia por 6 a 0 em casa e 3 a 0 no jogo de volta, conquistando a vaga com facilidade. A equipe foi a campo com a mesma formação dos outros confrontos.

Em campo, as equipes fizeram duelo equilibrado e um primeiro tempo sem gols graças a forte marcação. Já na etapa final, o São José teve sorte quando, aos 22 minutos, Luize Nery entrou no lugar de Rosana e marcou aos 26', abrindo o placar e colocando a vantagem paulista.

O JV Lideral ainda tentou reagir e pressionar. A equipe ainda ficou em vantagem quando Vivi foi expulsa com cartão vermelho direto. Na súmula, o árbitro justificou que a jogadora do São José "falou palavras ofensivas contra as decisões da arbitragem". Porém, o time maranhense não conseguiu furar a defesa das paulistas, que fez bom trabalho e segurou a importante vantagem.

Com essa vitória, o São José precisa apenas de um empate para ficar com a classificação para as semifinais. Já o JV Lideral precisa de vitória simples por 1 a 0 para levar para os pênaltis ou de dois gols de diferença para ganhar a vaga direto.

O jogo de volta acontece na próxima quarta-feira (28), às 16h, no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. O duelo terá com portões abertos para o público apoiar as meninas da águia.

Outros resultados

São Francisco (BA) 0x0 Foz Cataratas (PR)

O confronto foi disputado no Estádio Junqueira Ayres, em São Francisco do Conde, e acabou terminando com o placar igual em um 0 a 0 complicado. Os dois times reclamaram bastante do calor baiano e das péssimas condições do gramado, mas ainda assim conseguiram criar boas chances. Graças as goleiras, marcações fortes e as finalizações ruins, o marcador seguiu fechado até o fim.

O jogo de volta será disputado na próxima quarta-feira (28), às 19h, no Estádio Pedro Basso, em Foz do Iguaçu. O confronto estava marcado para 16h, mas a Associação Desportiva Iguaçuense solicitou mudança para tentar aumentar o público presente.

Vitória (PE) 0x1 Cresspom (DF)

O Vitória tinha duas vantagens para este confronto. Além de jogar em seu estádio, o Severino Carneiro, localizado em Vitória de Santo Antão, a equipe também não havia jogado o duelo de volta na fase anterior, já que eliminou o Comercial vencendo por 6 a 1. Favorito, já que já foi vice-campeão duas vezes e chegou às semifinais outras três, o time pernambucano não conseguiu segurar o Cresspom, que vinha de sufoco diante do Iranduba.

A vitória do Cresspom saiu dos pés de Danyelle, que marcou ainda no primeiro tempo, aos 27 minutos. O jogo de volta acontecerá na próxima quarta-feira (28), às 15h, em local ainda a ser definido pela equipe do Distrito Federal.