CRB sai perdendo, mas luta e consegue empate com um a menos diante do Bahia

Equipe alagoana conseguiu importante reação com dois gols em cinco minutos e evitou a derrota mesmo em desvantagem numérica desde o primeiro tempo

CRB 2
Bahia 2
CRB 2: Julio Cesar; Bocão, Flávio Boaventura, Diego Jussani e Diego; Olívio, Matheus Galdezani (Peri, min. 69), Roger Gaúcho (Adalberto, min. 46) e Gerson Magrão; Assisinho (Wellinton Júnior, min. 64) e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.
Bahia 2: Muriel; Tinga, Tiago, Jackson e Moisés; Juninho, Luiz Antônio (Renê Júnior, min. 88) e Renato Cajá (Feijão, min. 83); Allano (Misael, min. 46), Edigar Junio e Hernane. Técnico: Guto Ferreira.
Placar: 0-1, min. 02, Allano. 0-2, min. 67, Juninho. 1-2, min. 80, Zé Carlos. 2-2, min. 85, Zé Carlos
ÁRBITRO: Árbitro: Raphael Claus (SP) Cartões Amarelos: CRB: Zé Carlos (min. 89) Bahia:Tiago (min. 57), Misael (min. 65), Moisés (min. 81), Jackson (min. 90) Cartão Vermelho: Flávio Bonaventura (min. 42)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016

Nesse sábado (24) a 27ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016 teve no Rei Pelé um confronto entre duas equipes que estão brigando fortemente pelo acesso para a primeira divisão do próximo ano, o CRB e o Bahia.

Num jogo praticamente como um todo que teve vantagem no placar e domínio no jogo da equipe do Bahia, o galo alagoano conseguiu reagir no fim e lograr um empate por 2 a 2 com gols de Zé Carlos (duas vezes) pro time da casa e Allano e Juninho fazendo os tentos do tricolor baiano.

Com a igualdade ambos os times pararam na faixa dos 40 pontos, ficando em oitavo e sexto respectivamente só sendo separados pelo melhor saldo de gols do tricolor baiano. Na próxima rodada o CRB vai até Bragança Paulista enfrentar o Bragantino no sábado (01/10) às 16h, o Bahia joga um dia antes na sexta (30) às 19h15 diante do Criciúma em casa na Fonte Nova.

Logo aos dois minutos o placar foi aberto na primeira oportunidade do jogo com Allano que aproveitou bom cruzamento de Renato Cajá e apareceu livre para completar pro gol. Com 12 minutos Allano foi lançado e saiu cara a cara com Júlio César porém não conseguiu fintar o arqueiro e acabou não dobrando a vantagem no placar.

O time da casa conseguiu chegar pela primeira vez aos 19 com Galdezani que driblou Moisés e mandou de longe porém acabou mandando pra fora, com 29 Zé Carlos chuta forte de fora da área e forçou boa defesa de Muriel. O CRB teve a última chance com 39 minutos com Jussani que encheu o pé de longe e assustou Muriel que teve dificuldades de defender, mantendo o 1 a 0 no intervalo.

Nos primeiros 20 minutos da segunda etapa, o Bahia procurava apenas gastar o tempo na tentativa de administrar o jogo e esfriar o ímpeto dos alagoanos. Com 22 minutos em cobrança de falta perfeita de Juninho que bateu com efeito e mandou no canto direito do goleiro do CRB para dobrar a vantagem do Bahia no jogo.

O time da casa foi para o tudo ou nada e nisso começou a incomodar os baianos, com 27 minutos Wellinton Júnior arrancou do meio campo mandando de muito longe e acertou a trave quase diminuindo a vantagem do Bahia no jogo.

Com 35 minutos Zé Carlos sofreu falta de Tinga dentro da área, na cobrança ele mesmo foi pra bola, onde ele acertou o travessão e a pelota acabou batendo nas costas de Muriel e entrou recolocando o galo no jogo. Aos 40 aconteceu o improvável com Zé Carlos dominando na área e girando bem por sobre a marcação enchendo o pé para igualar o placar.

Nos minutos finais o tricolor ainda tentou fazer mais um gol pressionando o time da casa porém não teve sucesso e o placar não mais se alterou ficando mesmo em 2 a 2.