Especial quartas de finais da Série C: ABC, acesso à Série B para coroar grande temporada

Comandado pelo experiente Geninho, o Mais Querido reúne experiência e juventude no elenco

Especial quartas de finais da Série C: ABC, acesso à Série B para coroar grande temporada
Especial quartas de finais da Série C: ABC, acesso à Série B para coroar grande temporada

O ABC Futebol Clube planejou um ano do centenário festivo. Mas o desenrolar da história não saiu conforme o desejado. Em uma temporada desastrosa, foi vice-campeão estadual diante do arquirrival América-RN, sucumbiu diante do Paysandu na segunda fase da Copa do Brasil e encerrou 2015 com uma melancólica campanha a qual culminou no rebaixamento à Série C. Os alvinegros juntaram os cacos da festa que terminou em tragédia e seguiram em frente. Desde então, colhem frutos.

Apesar de mais um modesto desempenho na copa nacional, tendo caído novamente na segunda fase (perdeu para o Gama nos pênaltis), o escrete abecedista sagrou-se campeão potiguar pela 53ª vez (recorde nacional de títulos estaduais) ao bater o América com uma impiedosa goleada de 4 a 0 na finalíssima. No terceiro escalão do Brasileirão, o Decacampeão brilhou na primeira fase do Grupo A. Fez campanha idêntica à do líder Fortaleza: oito vitórias, seis empates, quatro derrotas e saldo positivo de nove gols. Foi superado apenas no critério de gols pró: 26 a 24.

Agora, a missão é superar o Botafogo-SP, atual campeão da Série D e terceiro colocado do Grupo B, para retornar à Série B logo na temporada seguinte à queda, feito alcançado em 2010, ano em que foi campeão da Terceirona, sendo este o título mais importante de sua história. Seria o ABC capaz de repetir tamanha façanha?

Você certamente conhece o técnico do ABC

Geninho treina o ABC desde fevereiro deste ano (Foto: Frankie Marcone/ABC)

Quem comanda o ABC é um conhecido de longa data do futebol brasileiro. Eugênio Machado Souto, o "Geninho", chegou ao time de Natal no início do ano, quando o clube ainda estava despedaçado pelo rebaixamento em plena época do aniversário de 100 anos de fundação. Campeão do Módulo Amarelo (Série B) da Copa João Havelange com o Paraná Clube em 2000 e campeão brasileiro da Série A com o Atlético-PR em 2001, Geninho tem assumido o papel de "bombeiro" do futebol nacional nos últimos tempos. Em outras palavras, tem sido comum um time em crise chamá-lo para o comando técnico.

O desempenho no ABC vem sendo satisfatório. Campeão estadual no primeiro semestre, Geninho agora busca um acesso inédito em seu currículo. O profissional de 68 anos está em seu primeiro ano de trabalho na Série C. O paulista de Ribeirão Preto (justamente a cidade do adversário deste mata-mata da Série C) comemorou subidas em 2013 e 2014. Nessas ocasiões, levou Sport e Avaí, respectivamente, à elite do futebol brasileiro.

Mas o treinador quer mais: além do acesso, o título. "O principal objetivo é o acesso. Mas é claro que eu quero o título, porque dá repercussão, tem a festa, e a conquista fica para sempre", disse em entrevista à Fox Sports. Caso seja campeão da Terceirona com o Mais Querido, Geninho será o primeiro técnico da história do Brasil a conquistar as Séries A, B e C.

O técnico nunca abandona sua filosofia de jogo, que consiste em priorizar o sistema defensivo e atacar de maneira veloz, de modo a surpreender os adversários. E garante ser muito estudioso. "Pouca gente sabe, mas eu viajo muito. Vou todo ano para a Europa, me atualizo. Não estou parado", revelou à Fox. "Quero trabalhar muito tempo com o futebol. Se juntar com minha carreira de jogador, tenho mais de 50 anos de bola. É o que eu gosto e sei fazer", sublinhou.

Elenco e bons números credenciam abecedistas à luta pela promoção à Segundona

Jones Carioca (à esquerda) coleciona 10 gols na Série C e é o artilheiro da competição (Foto: Frankie Marcone/ABC)

O Elefante da Frasqueira teve o segundo melhor ataque (24 gols) e a segunda melhor defesa (15 gols sofridos) do Grupo A da Série C. Terá pela frente o dono do melhor ataque (28 gols) e da terceira melhor defesa (13 gols sofridos) do Grupo B. Em suma, o confronto promete equilíbrio. "A competição é muito difícil. Viagens longas, times parecidos", frisou Geninho em sua entrevista à Fox Sports.

Para desequilibrar a briga por uma das vagas na Série B ao seu favor, o Alvinegro deposita suas esperanças em um elenco que mescla jogadores experientes e rodados com jovens pratas-da-casa - dos 39 jogadores do plantel, 15 vieram das categorias de base do clube.

Entre os destaques do ABC estão o goleiro Edson, que subiu à Série A com o Atlético-MG em 2006 e à Série B com o Vila Nova no ano passado, o zagueiro Léo Fortunato, uma das lideranças do grupo, o volante Márcio Passos, que entre 2011 e 2014 se destacou no rival América e hoje é peça imprescindível do time, o interminável meia Lúcio Flávio (aquele, ex-Botafogo!),, o meia paraguaio Eduardo Echeverría, ex-Olímpia e LDU de Quito, e o atacante Jones Carioca, artilheiro da Série C com 10 gols.

A caminhada rumo ao mata-mata

Entrada em campo dos jogadores na partida contra o Remo, válida pela 15ª rodada (Foto: Frankie Marcone/ABC)

A campanha na Série C 2016 começou com um revés imperdoável de 1 a 0 para o América-RN no Clássico Rei. Logo na rodada seguinte, veio a primeira vitória: 2 a 0 sobre o Salgueiro no Frasqueirão. O desempenho foi irregular nas rodadas iniciais e melhorou no decorrer do campeonato, mesma história do Campeonato Potiguar.

Vale salientar: os comandados de Geninho não sofreram uma derrota sequer em seus domínios. Os triunfos mais expressivos foram a vingança contra o América, pelo mesmo placar da jornada inaugural, a goleada de 4 a 0 sobre o River-PI, o 2 a 1 diante do Fortaleza e o 2 a 0 frente ao Remo.

Fora de casa, o rendimento está longe de ser satisfatório. A equipe conquistou apenas duas vitórias longe de Natal: 1 a 0 no Fortaleza e 2 a 0 no River-PI. É um ponto crítico a ser observado para a fase decisiva.

Rodada por rodada
22/05/2016 - América-RN 1 x 0 ABC
28/05/2016 - ABC 2 x 0 Salgueiro
05/06/2016 - Botafogo-PB 2 x 0 ABC
11/06/2016 - ABC 0 x 0 Confiança
18/06/2016 - Fortaleza 0 x 1 ABC
25/06/2016 - Remo 1 x 1 ABC
02/07/2016 - ABC 4 x 0 River-PI
10/07/2016 - ABC 2 x 1 Cuiabá
16/07/2016 - ASA 2 x 1 ABC
23/07/2016 - ABC 1 x 0 América-RN
01/08/2016 - Salgueiro 1 x 0 ABC
07/08/2016 - ABC 1 x 1 Botafogo-PB
14/08/2016 - Confiança 1 x 1 ABC
20/08/2016 - ABC 2 x 1 Fortaleza
29/08/2016 - ABC 2 x 0 Remo
05/09/2016 - River-PI 0 x 2 ABC
11/09/2016 - Cuiabá 2 x 2 ABC
18/09/2016 - ABC 2 x 2 ASA

Agenda

Os primeiros 90 minutos do embate contra o Botafogo-SP serão jogados no Estádio Santa Cruz nesta sexta-feira (30 de setembro), às 19h. A decisão, por sua vez, será disputada uma semana depois (7 de outubro), no Frasqueirão, no mesmo horário.

O acesso à Série B aliado ao título estadual do primeiro semestre e ao rebaixamento do arquirrival América de Natal à Série D seria o cenário ideal para a torcida abecedista.