Messias agradece Enderson pela oportunidade, mas lamenta lesão do companheiro Roger

O zagueiro Messias iniciou a partida contra o Palmeiras, nesse domingo, no Estádio do Café, em Londrina, no banco de reservas. Porém, aos cinco minutos do segundo tempo, o defensor foi escolhido pelo técnico Enderson Moreira para entrar em campo. O treinador optou pelo jogador revelado nas categorias de base do Coelho para a vaga de Roger, que machucou o nariz em disputa de bola com o volante Moisés.

Messias agradeceu o treinador pela oportunidade, mas lamentou a lesão do amigo Roger, que também é cria das categorias de base do América. O zagueiro ainda se disse triste por não ter conseguido ajudar o Coelho a conquistar os três pontos no Sul do Brasil.

“Fiquei feliz com a estreia na temporada, com a oportunidade que o treinador me deu, mas triste pelo resultado e pela lesão do Roger. É um companheiro de trabalho, um amigo. Tentei aproveitar da melhor forma possível a oportunidade que me foi dada. Infelizmente, não foi o suficiente para que nossa equipe saísse com a vitória, mas espero que nas próximas oportunidades o resultado positivo possa vir”, disse.

Com a derrota, o América segue na vigésima posição do Campeonato Brasileiro. A equipe soma 21 pontos na tabela de classificação. A próxima partida do Coelho será o clássico contra o Atlético, nesta quinta-feira, às 19h30, no Mineirão, em partida válida pela trigésima rodada da competição.