Mesmo com eliminação, Zago parabeniza atletas e se diz feliz com campanha do Juventude

Treinador da equipe gaúcha lamentou a eliminação para o Atlético Mineiro nos pênaltis na Copa do Brasil, mas diz que jogadores "mostraram sua força".

Mesmo com eliminação, Zago parabeniza atletas e se diz feliz com campanha do Juventude
Treinador do Juventude diz estar satisfeito com campanha do time. (Foto: Divulgação/Juventude EC)

A equipe do Juventude bem que tentou ao máximo buscar a classificação, e mesmo vencendo no tempo normal  com um gol de cabeça de Hugo Almeida em apenas 30 segundos de jogo, acabaram perdendo para o Atlético-MG nas penalidades máximas. O "São Victor" brilhou mais uma vez e o Galo acabou levando a melhor.

O treinador alviverde, Antônio Carlos Zago, responsável por levar a equipe jacobina de volta à Série B do Campeonato Brasileiro nesse ano, lamentou a eliminação nos pênaltis, mas parabeizou os jogadores pela bela campanha feita na competição. 

“Só tenho que parabenizar os atletas pela excelente partida. Já havíamos feito um jogo excelente lá em Minas Gerais, e hoje voltamos a mostrar nossa força, tanto é que vencemos a partida no tempo normal. Nos pênaltis, infelizmente a classificação não veio, mas essa eliminação não deve apagar o brilho dessa campanha, do esforço desse grupo e do momento que este clube vive.", disse o comandante do Juventude.

Nas cobranças de pênaltis contra o Galo, quatro jogadores do Juventude bateram as penalidades. Hugo e Sananduva fizeram, mas Wallacer e Roberson pararam no goleiro Victor. A equipe do Atlético Mineiro converteu todas as cobranças que fez com Fábio Santos, Lucas Pratto, Gabriel e Cazares. A equipe de Minas enfrentará o Internacional nas semifinais da Copa do Brasil.

O ano do Juventude ainda não terminou. Após conseguir uma classificação heróica em cima do Fortaleza subindo a equipe gaúcha de volta à segunda divisão nacional, o time de Antônio Carlos Zago busca a vaga na final da Série C contra o Boa Esporte. A tarefa não será fácil, pois os mineiros venceram o primeiro jogo das semifinais em pleno Alfredo Jaconi por 2 a 1, e para se classificarem, o Juventude precisa vencer por dois gols de diferença.

Mesmo com a tarefa difícil, Zago quer que sua equipe "levante a cabeça" e continue lutando pelos seus objetivos: "É bola pra frente, é levantar a cabeça e seguir adiante, pois ainda temos objetivos na temporada”, concluiu o treinador.