Tencati critica arbitragem em gol anulado no empate com Paysandu: "Erro grotesco"

Londrina e Paysandu terminaram partida em 0 a 0, com direito a gol anulado do Tubarão, mas Tencati não desiste do G-4 da Série B

Tencati critica arbitragem em gol anulado no empate com Paysandu: "Erro grotesco"
Foto: Pedro Rampazzo / Londrina

Nesta terça-feira, Londrina e Paysandu se enfrentaram pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro série B, mas com um gol anulado do Tubarão, a partida ficou no 0 a 0.

Aos cinco minutos do segundo tempo, o bandeirinha anulou o gol do Londrina, em seguida, o árbitro Renan Roberto de Souza assimilou e deu o gol como anulado. Após o término da partida, o técnico Cláudio Tencati reclamou da arbitragem e desabafou: "Temos que falar sobre o erro do bandeira. Foi grotesco o erro. O lateral direito dava condição atrás. Foi um gol legítimo. Da minha visão, de onde eu estou ali, posso afirmar. Nem vi depois, mas o lateral dava condição. Errou o bandeira!", destacou Tencati.

O técnico do Tubarão aproveitou para falar sobre o lance de pênalti não marcado a favor do seu time contra o Criciúma: "Se fossem outras equipes, estariam berrando mais. É isso que nós temos que aprender, temos que berrar mais. Nós temos sido prejudicados. Em Criciúma, o árbitro não deu o pênalti a nosso favor. Esse lance aqui, nem se fala. Bandeira mal posicionado, sonolento. É um lance que pode até tirar o nosso acesso. Errou, mas ele está ali para trabalhar igual a nós. Eu tenho que ser cirúrgico com a minha equipe e ele tem que ser coeso e cirúrgico no trabalho dele."

Mas em relação ao resultado, Cláudio Tencati lamenta o empate mas segue acreditando no G-4: "Foi um resultado ruim. A equipe se comportou bem, criou as chances, as oportunidades, teve chances e definições, mas a defesa do goleiro e outras situações que a gente poderia ter funcionado mais, nas jogadas individuais e coletivas. No segundo tempo, nem se fala. Temos que nos lamentar pelo resultado, mas temos que continuar acreditando. Trabalhar e acreditar!"

O próximo desafio do Tubarão é contra o líder Atlético-GO, no estádio do Café, na próxima terça-feira (8), às 21h30.