Brasil de Pelotas vence Oeste de virada e se afasta da zona de rebaixamento

Após o susto inicial, equipe gaúcha se impôs e bateu seu adversário de virada

Brasil de Pelotas vence Oeste de virada e se afasta da zona de rebaixamento
João Afonso comemora primeiro gol do jogo (Foto: Carlos Insauriaga/GEB)
Brasil de Pelotas
3 1
Oeste
Brasil de Pelotas: Marcelo Pitol; Ednei, Leandro Camilo, Evaldo e Breno; Itaqui, João Afonso, Wagner (Wender), Rafinha (Nem) e Elias (Marcinho); Lincom. Técnico: Rogério Zimmermann
Oeste: Felipe Alves; Daniel Borges (Kauê), Joilson, Leandro Amaro e Velicka; Wilson Matias (Jheimy), Betinho e Mazinho; Danielzinho (Lidio), Gabriel Vasconcelos e Júlio César. Técnico: Roberto Cavalo
Placar: 0-1, min 25 - Júlio César. 1-1, min 37, João Afonso. 2-1, min 49 - Rafinha. 3-1, min 73, Marcinho

Em noite fria na cidade e de grande atuação do volante João Afonso, o Brasil de Pelotas recebeu o Oeste no Bento Freitas e venceu a equipe paulista de virada por de 3 a 1. O resultado vem em momento importante para a equipe que volta a vencer após três derrotas consecutivas no campeonato.

Se em meio ao medo de ir para a zona de rebaixamento havia um clima de esperança no ar para os comandados de Rogério Zimmermann, esse parece ter tido efeito. O Xavante, no meio da tabela com a sua atual pontuação, volta a brigar por uma vaga no g4 do campeonato. Já o Oeste, com um ponto a menos que o adversário, fica próximo da zona, mostrando o equilíbrio na competição.

Se a primeira etapa da partida começou morna, a reta final dos primeiros 45 minutos pegou fogo no Bento Freitas. Os times tentavam propor o jogo, mas o Brasil e nem Oeste não conseguiam a meta dos arqueiros rubro-negros.

Só que um lance aos 25 minutos mudaria o que parecia se encaminhar para um jogo frio. Após rápido contra-ataque do Oeste pela direita, a bola foi rola até o atacante Júlio César bateu na saída de Marcelo Pitol para abrir o placar.

Em desvantagem no placar o Xavante se jogou ao ataque, enquanto o time paulista recuou e apostava em jogar no erro do adversário. Mas como no futebol quem acaba recuando cedo demais acaba correndo um risco ainda maior, e o resultado foi o gol do Xavante. Um golaço de João Afonso da entrada da área deixaria tudo igual.

Ainda no final, o Brasil teve boas oportunidades, mas acabou parando no goleiro Felipe Alves.

Na segunda etapa o Xavante manteve sua proposta e no início já virou o jogo. João Afonso apareceu bem no ataque e bateu firme. O goleiro Felipe Alves tentou defender, mas quando a bola ia entrando Rafinha concluiu para o gol. Era a virada Xavante.

O time paulista demorou para se encontrar dentro de campo e partiu para o tudo ou nada. O Brasil de Pelotas recuou um pouco e com o Oeste na ofensiva, o espaço para contra-ataques era a oportunidade que os gaúchos precisavam. Foi em um desses que o meia Marcinho recebeu de Wagner e liquidou a partida. Placar final 3 a 1 para o Brasil de Pelotas.  

Com a vitória o Brasil subiu para a 12ª colocação, com 17 pontos. O Oeste perdeu uma posição e se aproxima da zona de perigo com, mas com um ponto a menos que o seu adversário nesta noite. Na próxima rodada o Xavante recebe o Figueirense no Bento Freitas, enquanto o Rubrão volta até Barueri para enfrentar o Paraná.