Artigos de organizadas se aproximam de liberação nos estádios paulistas

Reunião feita nesta segunda-feira (24) deixou próxima volta de bandeiras e instrumentos nas arquibancadas do estado

Artigos de organizadas se aproximam de liberação nos estádios paulistas
Foto: Nelson Almeida / Getty Images

A festa nas arquibancadas dos estádios de São Paulo parece perto de voltar. Na tarde desta segunda-feira (24), uma reunião envolvendo autoridades, representantes do Ministério Público, integrantes de torcidas organizadas e o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, deixou bem próxima a volta de bandeiras e instrumentos musicais para partidas de futebol.

Uma nova reunião, definitiva, deve ocorrer no próximo dia 01/08, definindo oficialmente o retorno dos itens. No entanto, ficou combinado a continuidade da torcida única em clássicos no estado de São Paulo, regra que segue desde o ano passado.

As novas regras podem passar a valer à partir do segundo turno do Brasileirão 2017. A medida é vista com contentamento das torcidas paulistas e traz de volta a festa. Ainda assim, autoridades querem cadastro de torcedores para identificação em caso de algo fora da linha. O método vai de encontro à tão pedida punição individual, quando muitas vezes o clube paga por erros de torcedores.

A flexibilização acontece num momento em que a FPF realizou um estudo encomendada por ela mesmo e que mostra apoio dos torcedores à festa das organizadas nos estádios. A revogação dos itens proibidos não adere às bandeiras com mastros, utilizadas nos arredores dos estádios paulistas e utilizada dentro dos campos do Rio de Janeiro, por exemplo.

Futebol Brasileiro