Ex-atacante do Guarani, Silas Brindeiro pede ajuda para tratamento de leucemia

Silas Brindeiro enfrenta a doença desde 2014. Agora com o caso agravado, o tratamento para cura existe apenas nos Estados Unidos

Ex-atacante do Guarani, Silas Brindeiro pede ajuda para tratamento de leucemia
Ex-Guarani pede ajuda para tratamento de Leucemia (Assessoria/Cuiabá Esporte Clube)

O atacante Silas Brindeiro, ex-Guarani, está passando por um momento delicado com a saúde. O jogador de 30 anos de idade está lutando contra a leucemia pela segunda vez. Brindeiro foi diagnosticado em dezembro de 2014 e em julho de 2016, venceu a doença com sessões de quimioterapia. Mas a doença voltou com mais força desde dezembro do ano passado e a situação se tornou crítica, já que não há mais cura no Brasil para o tipo de leucemia que o goleador enfrenta.

O tratamento necessário para o combate da doença, existe apenas em dois hospitais dos Estados Unidos e custa 300 mil dólares, R$ 925 mil, mas Brindeiro não tem condições financeiras de arcar com os custos para sobreviver e por isso, decidiu pedir ajuda para arrecadar a verba. A cura da doença é feita zerando as células doentes, o tratamento dura entre seis e oito meses, já o transplante de medula óssea é feito no Brasil, após o tratamento nos EUA.

No último domingo, o jogador sentiu dores fortes e precisou ser internado novamente. Desde o final do ano passado, Brindeiro esteve quase todo tempo internado no Hospital Santa Helena, em Brasília, para o tratamento de quimioterapia. O tratamento de quimioterapia, evita com que a doença se espalhe ainda mais pelo corpo, mas não consegue eliminar as células já doentes.

Em entrevista ao Lance!, Brindeiro conta que está abalado, mas ainda mantém a fé. “Hoje estou abalado, não vou mentir, mas tenho fé que vou sair dessa. Minha vida é dia após dia. Tenho que agradecer a Deus por estar respirando e me fornecer o dia de amanhã. A leucemia é uma doença que evolui de forma rápida. Estava bem no sábado, sem fazer esforço, e na madrugada tive uma crise com dores muito fortes. Se não tivesse vindo para o hospital rapidamente, poderia ter ido a óbito”.

Brindeiro ainda fez um pedido especial. “Estou necessitado e existe apenas uma alternativa, que é o tratamento CAR-T cells, nos Estados Unidos. Só que é inevitável financeiramente para mim, minha única chance de vida é o transplante de medula óssea e só poderei receber o transplante quando estiver livre das células doentes”, explica. “Quem estiver lendo, peço se poder me ajudar, o que você puder contribuir vai estar me ajudando muito”.

O caso de Brindeiro tem gerado mobilização por parte de diversos jogadores, como Alex, ex-Palmeiras e Cruzeiro e Tulio de Melo, da Chapecoense, que pediram ajuda ao companheiro por meio das redes sociais.

As doações ao jogador podem ser feitas por depósito bancário na seguinte conta:

Agência: 1227-0
Conta Poupança: 58395-2
Banco do Brasil
Silas dos Santos Brindeiro
CPF: 990.148.072-87 

Futebol Brasileiro