Em clássico decisivo, Palmeiras e Santos visam manter chances de título

Com uma vitória, equipes podem diminuir a diferença para o líder para pelo menos sete pontos, mas com a derrota a distância pode ficar muito longe para equipes sonhar com o titulo

Em clássico decisivo, Palmeiras e Santos visam manter chances de título
Foto: Getty Images
Palmeiras
Santos
Palmeiras: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Jean, Tchê Tchê, Guerra e Moisés; Dudu e Deyverson. Técnico: Cuca.
Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Matheus Jesus (Leandro Donizete) e Jean Mota; Copete, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi
ÁRBITRO: Marcelo Aparecido de Souza (SP), auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
INCIDENCIAS: Clássico válido pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017, disputado no Allianz Parque, em São Paulo/SP, às 19 horas deste sábado (30)

Na noite deste sábado (30), Palmeiras e Santos se enfrentam em uma das rivalidades que mais cresceram nos últimos ano, o clássico é decisivo para o campeonato, para decidir quem continuará na cola do líder. A partida ocorrerá na Allianz Parque, às 19h, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Quarto colocado no campeonato nacional, o Palmeiras vem em uma boa fase. O Verdão venceu três dos seus últimos quatros jogos, e diminuiu a distância para o líder Corinthians, que agora é de 11 pontos, com uma vitória no sábado, a distância pode diminuir até para oito pontos. O clássico será especial para o Palmeiras, que disputa o milésimo clássico de sua história.

Após eliminação na Libertadores, o Santos mantém suas atenções no Campeonato Brasileiro. A equipe assumiu a vice-liderança na última rodada, após a vitória sobre o Atlético-PR. O Alvinegro tem 44 pontos, dez a menos que o líder do campeonato.

Cuca diz que Palmeiras tem um leve favoritismo por jogar em casa

O treinador do Verdão foi questionado na entrevista desta sexta-feira (29), se o Palmeiras é favorito no clássico "Não temos o Egídio, o Edu Dracena, o Mina, são peças importantes tanto quanto o Lucas Lima. Acho que jogar em casa sempre é bom, sempre é melhor. Dessa vez a gente joga em casa."  

Sem poder contar com o lateral Egídio e o zagueiro Edu Dracena, suspensos por causa do terceiro cartão amarelo, Cuca indicou que deverá começar com Zé Roberto e Luan na equipe titular.

O treinador poderá contar com Willian, que foi liberado para disputar o clássico, o atleta pegou apenas um jogo de suspensão, já cumprido contra o Coritiba. O atacante deve atuar ao lado de Dudu e Deyverson contra o Santos.

Sem Vecchio, Renato e Lucas Lima, Levir prepara a equipe do Santos para o clássico

Levir Culpi não poderá contar com a dupla de volantes, Vecchio e Renato para o clássico contra o Palmeiras, para o lugar deles o treinador indicou que deveram jogar Alison e Matheus Jesus, em vez de Leandro Donizete. Sem Lucas Lima no meio, o treinador deve continuar com Jean Mota como substituto. 

"Não tenho o menor interesse em falar o que estamos pensando (sobre escalação), mas não terá grandes surpresas. Matheus Jesus teve uma fase sem jogar, é um menino. Ele pode até começar jogando. Está bem fisicamente" disse Levir Culpi.

O treinador também falou que ficou bravo com Vecchio, que usou o Twitter para informar que não será relacionado para o clássico. O meia havia sentido dores na panturrilha direita na quinta-feira (28), e treinou na sexta (29), de acordo com a assessoria de imprensa, o volante estará de fora pro decisão técnica.

"Realmente fiquei bravo. Acabei de falar com o Vecchio (antes da entrevista coletiva). Ele, naturalmente, me falou em "argentino"... Falei para ele em português. Nos entendemos, mas ele está fora do jogo" afirmou Levir.