Em busca da segunda taça no ano, Atlético enfrenta Londrina pela decisão da Primeira Liga

Após ser eliminado de Libertadores e Copa do Brasil, mineiros podem fechar a temporada com dois títulos

Em busca da segunda taça no ano, Atlético enfrenta Londrina pela decisão da Primeira Liga
Há dez jogos sem marcar, Fred deve ser titular contra o Londrina (Foto: Bruno Cantini/Atlético MG)
Londrina
Atlético-MG
Londrina: César; Lucas Ramon, Dirceu, Edson Silva, Ayrton; Romulo, Jumar, Jardel; Artur, Carlos Henrique, Negueba. Técnico: Cláudio Tencati
Atlético-MG: Victor; Alex Silva, Gabriel, Felipe Santana, Fábio Santos; Adilson, Elias; Valdívia, Robinho, Cazares; Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
ÁRBITRO: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Carlos Berckenbrok (SC) e Rafael da Silva Alves (RS).
INCIDENCIAS: Partida válida pela final da Copa da Primeira Liga, a ser realizada no Estádio do Café, em Londrina/PR.

Atlético-MG e Londrina se enfrentam, às 21h45 desta quarta-feira (5), valendo o título da Copa da Primeira Liga. A partida acontecerá no Estádio do Café, em Londrina, no Paraná. A final é realizada em jogo único e determinará o segundo campeão da copa, vencida pelo Fluminense em sua edição inaugural, no ano passado.

O jogo em Londrina será apenas o segundo de Oswaldo de Oliveira como treinador do Galo. O experiente comandante atleticano estreou com vitória no último domingo (1º), quando o time bateu o Atlético-PR por 2 a 0 em Curitiba, a cerca de 420km de onde o Galo decide a Primeira Liga.

Oswaldo comandou treinos na véspera da partida, já na cidade de Londrina. O novo técnico alvinegro fechou o treino para jornalistas, mas concedeu entrevista em que agradece aos dois técnicos que o precederam no Galo em 2017 (Roger Machado e Rogério Micale) pelo trabalho deixado com o elenco.

“Eu agradeço muito ao Roger Machado, ao Rogério Micale e a todos aqui no Atlético-MG por me darem essa oportunidade. Tomara que eu consiga dar continuidade ao trabalho deles e o Atlético-MG consiga vencer essa competição”, declarou Oswaldo.

O principal desfalque do Galo para a partida está na defesa, já que Léo Silva teve constatada uma lesão na coxa e fica fora do time por tempo indeterminado. As opções para formar a dupla de zaga com Gabriel são Felipe Santana, Matheus Mancini, Bremer e Erazo.

Apesar do desempenho abaixo do esperado na temporada, sendo eliminado de forma precoce na Copa do Brasil e Copa Libertadores e figurando na parte de baixo da tabela durante a maior parte do Campeonato Brasileiro, o título da Primeira Liga pode ser a segunda taça levantada pela equipe em 2017. No primeiro sempre, time alvinegro venceu o Campeonato Mineiro. Além disso, a premiação da Primeira Liga, de R$ 3 milhões, é um dos atrativos da conquista.

O provável time titular do Atlético conta com: Victor; Alex Silva, Gabriel, Felipe Santana e Fábio Santos; Adilson e Elias; Valdívia, Robinho e Cazares; Fred.

Após a partida, o Galo voltará aos gramados no dia 15 de outubro, para enfrentar o Sport, na Ilha do Retiro. A pausa de 11 dias ocorre devido à Data Fifa, período para a realização de jogos entre seleções nas Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018.

Do lado do Londrina, décimo colocado da Série B do Campeonato Brasileiro, o provável time titular do técnico Cláudio Tencati conta com: César; Lucas Ramon, Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Romulo, Jumar e Jardel; Artur, Carlos Henrique e Negueba.

O principal desfalque da equipe paranaense é o experiente volante Germano. Suspenso, o capitão do time já teve passagem pelo Atlético na temporada de 2007.

O caminho até a final

Para chegar até a decisão, o Londrina se classificou na primeira posição do Grupo D, vencendo todos seus oponentes (Paraná, Figueirense e Avaí). Nas quartas de final, a equipe paranaense eliminou o Fluminense, vencendo o time carioca por 2 a 0. Na semifinal, bateu o Cruzeiro nos pênaltis, após empate em 2 a 2 no tempo normal.

Na semi, Atlético passou pelo Paraná (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
Na semifinal, Atlético passou pelo Paraná, no Independência (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Já o Atlético se classificou na segunda colocação do Grupo C, tendo perdido para o Cruzeiro, vencido o Joinville e empatado com a Chapecoense. Nas quartas de final, o Galo eliminou o Internacional, com vitória no Beira-Rio por. Na semifinal, os mineiros eliminaram o Paraná, também pelo placar mínimo.

Futebol Brasileiro