Para se distanciar do Z-4, Atlético-MG e São Paulo se enfrentam no Independência

Ambos querem fugir das últimas posições do Campeonato Brasileiro; Galo tem campanha irregular jogando em casa; São Paulo não sabe o que é perder há quatro jogos

Para se distanciar do Z-4, Atlético-MG e São Paulo se enfrentam no Independência
Atlético-MG
São Paulo
Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Roger Bernardo, Cazares, Robinho e Valdívia; Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
São Paulo: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros, Gomez, Hernanes, Marcos Guilherme e Lucas Fernandes; Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes-SC. Auxiliares: Helton Nunes e Thiaggo Americano Labes, ambos de Santa Catarina.
INCIDENCIAS: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Partida será disputada no Estádio Independência, às 21h45.

Dois grandes times e um só objetivo: fugir das últimas posições da tabela do Brasileirão. É com este clima que Atlético-MG e São Paulo vão entrar em campo nesta quarta-feira (11), às 21h45, no Estádio Independência, valendo pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com elencos formados por atletas gabaritados, ambos realizam uma campanha no Brasileiro bastante contestável. O Atlético é nono colocado, com 34 pontos, e podendo ganhar uma posição em caso de vitória. Já o São Paulo é o 14º com 31 pontos, e pode se distanciar da zona de rebaixamento ainda mais. 

Aprofundando ainda mais nos números, os dois times passam por momentos diferentes no Brasileirão. O Galo faz a segunda pior campanha jogando no Independência. Foram apenas três vitórias. No returno do Campeonato Brasileiro, o alvinegro só venceu uma partida. Por sua vez, o São Paulo não sabe o que é perder há quatro jogos, e pode se aproveitar da irregularidade atleticana em casa. 

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Atlético aproveitou-se do momento irregular do tricolor, e venceu o São Paulo por 2 a 1, no Morumbi. Os gols do Galo foram marcados por Cazares e Rafael Moura. Marcinho descontou para o time paulista.

Com desfalque e retorno, Oswaldo de Oliveira apela para o entusiasmo para vencer em casa

Na semana passada, o técnico Oswaldo de Oliveira estreou pelo Atlético-MG com vitória sobre o Atlético-PR, por 2 a 0. O resultado foi importante e manteve a boa campanha do Galo jogando fora de casa. Porém, o comandante alvinegro fará a estreia no Independência contra o São Paulo, time pelo qual foi técnico entre 2002 e 2003. 

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Dentro de campo, Oswaldo terá de volta o lateral-direito Marcos Rocha. O camisa 2 ficou fora do time por quase um mês, após se lesionar no confronto contra o Avaí, em Florianópolis. Por outro lado, o volante Elias é o desfalque, pois está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Roger Bernardo ganhou a vaga e atuará ao lado de Adilson. 

Zagueiro Leonardo Silva e meia/atacante Luan entregues ao departamento médico, seguem de fora da equipe. Meia Otero, que serviu a Venezuela nas Eliminatórias para a Copa do Mundo retornará a tempo, e ficará no banco de reservas.

Com time mudado, Dorival leva 22 jogadores para BH e define equipe

Visando manter o bom momento no Campeonato Brasileiro, o São Paulo deixou a capital paulista, após realizar o último treino antes do embarque para Belo Horizonte. O técnico Dorival Júnior seguiu para BH com 22 jogadores na delegação. Contudo, o treinador tem desfalques importantes para o jogo contra o Atlético.

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Em relação a última partida, contra o Sport, no Morumbi, Dorival não terá Cueva e Arboleda, que foram convocados pelas seleções peruana e equatoriana, respectivamente, além do atacante Gilberto, que foi vetado pelo departamento médico com uma contratura na coxa esquerda.

As novidades do time são o lateral-esquerdo Júnior Tavares, que cumpriu suspensão contra o Sport, e retorna a titularidade no lugar de Edimar, e o zagueiro Rodrigo Caio, que serviu a Seleção Brasileira, e encontrará a delegação tricolor em Belo Horizonte.