Londrina emenda quarta vitória seguida, cola no G-4 e aumenta desespero do Guarani

Gol polêmico marcado por Artur deu a vitória ao Tubarão diante do alviverde campineiro; LEC pode entrar na zona de acesso na próxima rodada em caso de vitória sobre líder América-MG e tropeço do rival Paraná em Alagoas; Bugre define futuro na competição contra Luverdense

Londrina emenda quarta vitória seguida, cola no G-4 e aumenta desespero do Guarani
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Londrina
1 0
Guarani
Londrina : César; Lucas Ramon, Dirceu, Édson Silva e Ayrton; Bidia (Romisson), Germano, Negueba e Marcinho (Rômulo); Artur e Carlos Henrique (Alisson Safira). Técnico: Cláudio Tencatti.
Guarani : Leandro Santos; Kevin (Serafim), Éwerton Páscoa, Jussani e Salomão; Baraka, Lenon e Luiz Fernando; Juninho (Evandro), Bruno Mendes e Elias (Caíque). Técnico: Lisca
Placar: 1-0, Artur, Min. 03.
ÁRBITRO: Joao Batista de Arruda (RJ), auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Eduardo de Souza Couto (RJ). Cartões amarelos: Germano (LON); Jussani e Baraka (GUA).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, disputado no Estádio do Café, em Londrina (PR).

O Londrina conquistou a quarta vitória seguida, nesta terça-feira (14), ao vencer o Guarani por 1 a 0, pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol alviceleste, no entanto, nasceu de uma jogada irregular. Impedido, o atacante Artur aproveitou o lançamento feito nas costas da defesa adversária, levou a melhor na dividida com o goleiro Leandro Santos e definiu o triunfo do Tubarão.

Com a vitória, a oitava nos últimos 11 jogos, a equipe londrinense chega aos 58 pontos, ficando apenas a dois pontos do Paraná (60), que apenas empatou com o já rebaixado Santa Cruz.

Na próxima rodada, o Tubarão enfrenta o América-MG, líder da competição, no estádio do Café, em Londrina, no sábado, às 17h (de Brasília). O Alviceleste encerrará a Série B, contra o Vila Nova, no Serra Dourada. Enquanto isso, o Paraná, seu principal concorrente, terá o CRB (fora) e Boa Esporte (casa) como próximos adversários. 

O Guarani, por sua vez, caiu para a 16ª posição, com 43, estando apenas três pontos a frente do Luverdense, time que abre a zona de rebaixamento. O próximo adversário do Bugre será justamente contra o time do Mato Grosso, que mesmo que vença o confronto continuará na zona de rebaixamento por conta dos critérios de desempate. Um simples empate pode salvar o time de Campinas e decretar o descenso da equipe de Lucas do Rio Verde. O jogo será disputado na próxima sexta-feira (17), ás 19h15, no Brinco de Ouro, em Campinas. 

Londrina marca gol polêmico no início e vence partida 

Embalado pela sequência de resultados positivos e a possibilidade do acesso, os donos da casa iniciaram a partida com muita força ofensiva, chegando ataque logo no primeiro lance do jogo. O lateral-esquerdo Ayrton aproveitou a falha de Kevin, enquanto tentava proteger a bola, e chutou no canto esquerdo do goleiro Leandro Santos, acertando a rede pelo lado de fora.

Dois minutos depois, o primeiro e único gol da partida. Negueba fez lançamento para Artur, que disputou a bola com Leandro Santos. O arqueiro do Bugre ficou pedindo falta no lance, mas o árbitro nada marcou, a jogada seguiu e o menino prodígio do time paranaense bateu para o gol vazio. No entanto, no momento do lançamento, o atacante alviceleste encontrava-se à frente dos defensores campineiros, configurando a posição irregular.

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Em desvantagem e precisando da vitória para se livrar do rebaixamento, o Bugre reagiu na partida buscando o campo de ataque. Em jogada iniciada por Baraka, aos oito minutos, Juninho arriscou de longe a mandou a bola à direita do goleiro César. Entretanto, os anfitriões não se deixaram dominar e foram em busca do segundo. Aos 16’, Artur apareceu entre a defesa e finalizou no ar, de primeira, exigindo a intervenção de Leandro Santos.

O Guarani teve mais duas oportunidades para empatar a partida ainda no primeiro tempo. Na primeira, aos 19’,  Luiz Fernando cobrou falta, Elias antecipou a marcação e acertou a trave. Já no final do primeiro tempo, em mais uma jogada de Luiz Fernando, o Guarani por pouco não igualou o marcador. O meia-atacante ajeitou a bola com a perna esquerda e arriscou de fora da área, obrigando ao goleiro César a espalmar para a linha de fundo.

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

A etapa complementar não fora tão movimentada como a primeira. Tentando evitar a derrota, o Guarani se lançou ao ataque, mas de forma desorganizada. Embora tivesse mais posse de bola, o time alviverde não conseguia criar situações reais de gol. O Londrina, por sua vez, apenas aguardava uma chance para sair em contra-ataque. Os donos da casa até chegaram a ampliar com o zagueiro Edson Silva, no minuto 22, mas a arbitragem assinalou o impedimento na jogada.