Seleção VAVEL da Série B do Campeonato Brasileiro 2017

América-MG, Internacional, Ceará e Paraná, times que conquistaram o acesso, são maioria entre os melhores da Segundona, mas outros dois times tem representantes; Artur, do Londrina, foi escolhido o craque da competição

Seleção VAVEL da Série B do Campeonato Brasileiro 2017
América teve quatro representantes no total (Foto: Rodrigo Rodrigues/VAVEL)

A edição 2017 da Série B do Campeonato Brasileiro teve como grande campeão o América-MG. O Coelho voltou a conquistar o título após 20 anos e desbancou o grande favorito Internacional, disparado o maior orçamento da competição. Nós da VAVEL Brasil, que acompanhamos toda a competição, elegemos a Seleção com os destaques do campeonato.

Com solidez e trabalho elogiável, América-MG volta a vencer Série B após duas décadas

SELEÇÃO VAVEL BRASIL DA SÉRIE B DO BRASILEIRÃO 2017
Richard (Paraná)
Norberto (América-MG) - Rafael Lima (América-MG) - Luiz Otávio (Ceará) - Romário (Ceará)
Rodrigo Dourado (Internacional)
Matheusinho (América-MG) - Renatinho (Paraná)
Lima (Ceará) - Artur (Londrina) - Mazinho (Oeste)

Técnico: Enderson Moreira (América-MG)

O craque e a revelação

Apesar de não ter conseguido o acesso com o Londrina, o atacante Artur ficou com o título de melhor jogador da Série B. Revelado pelo Palmeiras, o jogador de apenas 19 anos marcou oito gols e ainda deu 11 assistências - maior da competição - em 36 partidas. Outro que não conseguiu acesso, mas se destacou, foi o meia Danielzinho, do Oeste, eleito a revelação da Série B.

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina EC
Foto: Gustavo Oliveira/Londrina EC

Campeão, o América-MG emplacou três jogadores entre os melhores da Série B, além do técnico Enderson Moreira. O treinador está no clube desde a reta final de 2016, quando o Coelho foi rebaixado, mas a confiança no trabalho de Enderson, coroou os mineiros com o título da Série B. Além do comandante, dois representantes da melhor defesa do campeonato - 25 gols sofridos - foram selecionados. O experiente zagueiro Rafael Lima, 31, autor de quatro gols - incluindo o do título e presente em 37 dos 38 jogos da equipe e o lateral-direito Norberto, 27, que passou dois meses fora por lesão entre julho e setembro, mas esteve em 24 partidas, marcou um gol e ainda deu cinco assistências - segundo entre defensores na Série B.

O jovem meia-atacante Matheusinho, 19, que esteve lesionado na reta final, mas encantou e mostrou muita habilidade enquanto esteve em campo pela equipe americana - dois gols e três assistências em 24 jogos.

+ Autor do gol do título, Rafael Lima exalta campanha do América-MG e recorda Chapecoense

Lesionado, meia Matheusinho festeja título e dá prazo de retorno aos gramados

Em uma temporada conturbada, o Internacional não conseguiu a taça da Série B, e tem como único representante na nossa Seleção o meio-campista Rodrigo Dourado. O volante de 23 anos, medalha de ouro com a Seleção Olímpica em 2016, participou de 31 partidas na competição e foi o líder de desarmes - 109 - entre todos os jogadores do campeonato.

Ceará, terceiro colocado, é o time com mais representantes: três. O zagueiro Luiz Otávio, 29, presente em 31 partidas e com um gol no total. O lateral-esquerdo Romário, 25, campeão com o Atlético-GO em 2016, e que está perto de acertar com o Santos, somou seis assistências em 32 partidas pelo Vozão e está pelo segundo ano seguido entre os melhores escolhidos pela VAVEL. Completa o trio alvinegro o atacante Lima, 21, que chegou ao time em julho emprestado pelo Grêmio, mas foi essencial na reta final, com cinco gols e cinco assistências.

+ Feliz pelo ano no Ceará, Romário comemora bom desempenho e segundo acesso da carreira

Paraná, quarto colocado, emplacou dois jogadores em nossa seleção. O goleiro Richard, 26, esteve em campo em 32 partida na competição e foi um dos principais responsáveis pela defesa paranista ter sofrido apenas 28 gols - terceira melhor da competição. Além dele, o meia Renatinho, é o representante selecionado, de um dos meio campos mais criativos da competição. O jogador de 25 anos marcou oito gols e deu oito assistências em 30 jogos na Série B.

Além de Artur, craque do campeonato, quem completa a Seleção da Série B é o meia-atacante Mazinho, do Oeste. Conhecido nacionalmente por sua passagem não muito destacável pelo Palmeiras, o jogador de 30 anos foi o artilheiro da competição com 16 gols ao lado de Bérgson, do Paysandu, e ainda somou seis assistências. Mazinho foi o destaque do Rubrão, que lutou pelo acesso até as rodadas finais, e acabou terminando na 6ª colocação.