Copa do Brasil 2018 não terá gol fora como critério de desempate; veja outras novidades

CBF também aumentou tempo para inscrição de atletas e elevou premiação

Copa do Brasil 2018 não terá gol fora como critério de desempate; veja outras novidades
Foto: Divulgação/CBF

Na noite desta sexta-feira (1°), a CBF anunciou novidades para a próxima edição da Copa do Brasil. No Regulamento Específico da Competição (REC) elaborado para 2018, a principal mudança é um assunto que tem causado polêmico no decorrer dos anos: gol fora não será mais critério de desempate.

Até este ano, o chamado gol qualificado existia em todas as fases, com exceção dos jogos da final. Agora, nenhuma das oito fases existentes no torneio contará com tal regra.

O diretor de competições da CBF, Manoel Flores, falou sobre a decisão e deixou claro que a novidade tem sido estudada há certo tempo. Para ele, a remoção de tal critério permite que haja maior equilíbrio nas disputas entre os times participantes.

"Esse tema está em análise há algum tempo. Levamos em consideração as opiniões dos clubes, técnicos, jogadores e profissionais envolvidos no universo do futebol. Diante do sucesso da Copa do Brasil e de sua importância crescente, entendemos que a melhor decisão seria padronizar a questão do gol qualificado, promovendo maior equilíbrio técnico."

Outra mudança existente no regulamento foi o aumento do tempo para a inscrição de jogadores na competição por parte das equipes. Se na edição deste ano o prazo era até o dia 24 de abril, em 2018 será até 30 de julho, pouco antes das quartas de final do torneio serem disputadas.

A CBF também anunciou que os valores pagos para os participantes também aumentou em relação ao ano passado. Agora, a CdB será a principal competição em termos financeiros. Serão R$ 50 milhões para o campeão, R$ 20 milhões ao vice, R$ 8 milhões aos semifinalistas e R$ 4 milhões pela participação nas quartas de final, valores sem precedentes na América do Sul. Para efeito de comparação, o Cruzeiro faturou "apenas" R$ 6 milhões por vencer o Flamengo na final deste ano.

Tite destaca importância de estudar todos os adversários: "Preparação tem que ser total"

Com clássico ibérico e Brasil em chave razoável, grupos na Copa do Mundo são definidos