Comitê de Ética da Fifa suspende Marco Polo Del Nero por 90 dias

Presidente da CBF está proibido de participar de qualquer atividade ligada ao futebol nesse período e será substituído por Coronel Nunes na confederação

Comitê de Ética da Fifa suspende Marco Polo Del Nero por 90 dias
Foto: EFE

O Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta sexta-feira (15) a suspensão do Marco Polo del Nero, por 90 dias. Durante esse período, o presidente da CBF não poderá realizar qualquer atividade ligada ao futebol, e esta punição pode ser estendida por mais 45 dias, dependendo das investigações. 

Del Nero vem sendo investigado pela Justiça dos Estados Unidos sob a acusação de integrar esquema de corrupção e lavagem de dinheiro em contratos de transmissões televisivas de competições da América. O dirigente permanece no Brasil. Como não há acordo internacional entre os dois países, Del Nero não tem participado dos depoimentos à Justiça norte-americana, em Nova York.

Com o afastamento de Del Nero, a CBF será presidida interinamente por Coronel Nunes, como manda o estatuto da confederação. Antônio Carlos Nunes é o vice-presidente mais velho em exercício, além de ser o atual presidente da federação do Pará. 

Entenda as investigações

Em junho de 2015, durante processo na Suiça, sete dirigentes das confederações da América foram detidos acusados de participarem de crimes ligados a contratos televisivos. Del Nero, que estava no local, voltou imediatamente para o Brasil, onde não é acusado por nenhum crime, e, desde então, não realizou mais nenhuma viagem internacional para não ser julgado nos EUA.

A investigação sobre Del Nero foi reaberta pela Fifa depois que alguns documentos e depoimentos foram descobertos durante o julgamento de José Maria Marin, ex-presidente da confederação, nos Estados Unidos. Promotores do "Caso Fifa" confirmaram que o presidente da CBF recebeu mais de US$ 6 milhões em subornos que beneficiavam empresas de marketing em campeonatos como Copa América, Libertadores e Copa do Brasil, acusações que Del Nero afirma ser inocente. 

Nota oficial da Fifa

O executivo do futebol Marco Polo Del Nero foi banido de todas as atividades do futebol por 90 dias pelo comitê de ética independente. 

O presidente da câmara de julgamento do Comitê de Ética proibiu provisoriamente o presidente da federação brasileira (CBF), Marco Polo Del Nero, por um período de 90 dias.  

A duração da proibição pode ser prorrogada por um período adicional não superior a 45 dias. Durante este período, o Sr. Polo Del Nero está proibido de todas as atividades de futebol a nível nacional e internacional. A proibição entra em vigor imediatamente.  

A decisão foi tomada sob solicitação do presidente da câmara de investigação do Comitê de Ética que procedeu ao processo formal de investigação contra o Sr. Polo Del Nero, nos termos do art. 83, par. 1 e art. 84 par. 2 do Código de Ética da Fifa.