Salgueiro foi o único time do interior a vencer na quarta rodada do Campeonato Pernambucano

Carcará superou o Belo Jardim pelo placar mínimo e se distanciou da zona de rebaixamento

Salgueiro foi o único time do interior a vencer na quarta rodada do Campeonato Pernambucano
Foto: Josean Melo/Especial para a VAVEL Brasil

A quarta rodada do Campeonato Pernambucano 2018 não foi das melhores para os interioranos. Das sete equipes fora da Região Metropolitana do Recife, apenas uma comemorou os três pontos: o Salgueiro. Neste domingo (28), na visita ao Belo Jardim, que está jogando como mandante no Estádio Joaquim de Britto, em Pesqueira, o Carcará conquistou a primeira vitória no certame estadual, afastou-se das últimas posições e marcou território na zona de classificação às quartas de final. O triunfo pelo placar mínimo veio graças ao solitário gol do atacante Piauí. O pênalti desperdiçado por Dadá acabou não fazendo falta para os salgueirenses, que agora estão na sexta colocação, com cinco pontos. O Calango estacionou nos três pontos (três empates) e desceu para a oitava posição.

Talvez quem mais esteja se lamentando nesta rodada é o Central. A Patativa do Agreste não saiu do zero a zero com o Flamengo de Arcoverde no Lacerdão, em Caruaru, e perdeu a oportunidade de assumir a liderança. Contudo, pelas circunstâncias do jogo, pode-se dizer que o Tigre também tem a lamentar, pois construiu as melhores chances de gol da partida e, mesmo assim, ainda não conquistou a primeira vitória na competição. Agora, os alvinegros somam seis pontos (uma vitória e três empates) e estão em terceiro, enquanto os rubro-negros, com três empates e três pontos acumulados, militam no sétimo posto.

No Ademir Cunha, em Paulista, o Afogados da Ingazeira conseguiu um empate providencial frente ao América do Recife. Thiago Bagagem e Caxito colocaram o Periquito em vantagem no primeiro tempo. Na reta final, Etinho reacendeu as esperanças do Afogados. Na etapa complementar, o time do Sertão do Pajeú chegou à igualdade, novamente com Etinho. A Coruja foi a três pontos e permanece em nono, uma posição acima da zona de rebaixamento. O Mequinha, por sua vez, é o quinto colocado, com cinco.

Além de Central, Flamengo de Arcoverde e Salgueiro, quem também está invicto no Pernambucano é o Vitória das Tabocas. O escrete de Vitória de Santo Antão surpreendeu ao empatar com o líder Náutico, que vinha motivado pela grande vitória de 3 a 0 sobre o arquirrival Sport no último Clássico dos Clássicos. O Tricolor das Tabocas saiu na frente com um belo gol de Thomas Anderson, de fora da área, na etapa inicial. Wallace Pernambucano, de pênalti, deixou tudo igual no segundo tempo. O Vitória chegou a seis pontos e está em quarto. O Timbu agora tem sete. Parêntese importante: a Acadêmica Vitória está mandando suas partidas na Arena de Pernambuco, estádio o qual, coincidentemente, também é o mando de campo do Alvirrubro da Rosa e Silva.

O Santa Cruz, primeira equipe da zona da degola, folgou nesta jornada. Portanto, segue somando apenas dois pontos. O lanterna é o Pesqueira, derrotado pelo Sport na Ilha do Retiro nesta segunda-feira (29), no encerramento da rodada, por 2 a 0. O Leão da Praça da Bandeira acumula a mesma pontuação (7) e o mesmo saldo de gols (1) do Náutico, mas está na vice-liderança devido ao número de gols marcados (7 a 4).

Próxima rodada acontece no sábado e domingo

A quinta rodada começa no próximo sábado (3 de fevereiro) com uma tripla visita dos clubes do Trio de Ferro ao interior. Náutico, Sport e Santa Cruz serão recepcionados por Pesqueira, Central e Salgueiro, respectivamente.

No domingo (4), Vitória e América, que estão colados na classificação, medirão forças na Arena de Pernambuco. Já o Estádio Áureo Bradley receberá o clássico sertanejo entre Flamengo e Afogados. Quem folga é o Belo Jardim.