Com os reservas, Vila Nova vence o Rio Verde fora de casa e segue como único invicto no Goianão

Alisson Brand e Vinícius Leite marcaram os gols da vitória do Tigrão; Saulo diminuiu para o Rio Verde em um gol bizarro após penalidade

Com os reservas, Vila Nova vence o Rio Verde fora de casa e segue como único invicto no Goianão
Vila Nova vence o Rio Verde com time reserva. (Foto: Divulgação/Vila Nova F.C)
Rio Verde
1 2
Vila Nova
Rio Verde: Fernando Pompeo; Yan, Hugo, Ricardo Lucena e Jeanzinho; Rangel, Cláudio, Madson e Vitinho; Jean e Clayton Maranhão. Técnico: Jorge Luiz
Vila Nova: Matheus Pasinato; Léo Rodrigues, Heitor, Alisson Brand e Lucas Silva; Baltazar, Vinícius Leite, Ryan e Alaor; Phillipe e Keké. Técnico: Hemerson Maria
Placar: 0x1 - Alisson Brand (9'min - 1º tempo) 0x2 - Vinícius Leite (13'min - 2º tempo)
ÁRBITRO: Jefferson Ferreira (GO) apitou a partida, auxiliado por Cristhian Passos (GO) e Roberto Pereira (GO)
INCIDENCIAS: 5ª rodada do Campeonato Goiano de 2018; A partida foi realizada ás 20h30, no estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde (GO)

O Vila Nova conquistou uma vitória importante no Campeonato Goiano, nessa quarta-feira (31), jogando no estádio Mozart Veloso do Carmo. A equipe colorada venceu o Rio Verde por 2 a 1 com gols de Alisson Brand e Vinícius Leite e segue como única equipe invicta na competição, além de ir embalada para o clássico no final de semana, contra o Goiás.

Com a vitória, o Vila Nova segue na primeira colocação do Grupo B com 11 pontos ganhos. São três vitórias e dois empates em cinco jogos disputados. Já o Verdão do Sudoeste está na 4ª colocação do Grupo A com 4 pontos. Até o momento, o time conquistou apenas uma vitória, um empate e três derrotas.

O próximo jogo do Vila Nova será no sábado (3), ás 17h, no estádio Olímpico, contra o Goiás. O Rio Verde irá jogar fora de casa, também no sábado (3), ás 18h, contra a Aparecidense, no estádio Aníbal Batista de Toledo.

Vila Nova começa na frente no primeiro tempo

A partida começou com o time reserva do Vila Nova se impondo no jogo e buscando o resultado á qualquer custo. Logo aos doze minutos, Keké cobrou falta na área, a defesa do Rio Verde não conseguiu afastar e a bola sobrou para o zagueiro Alisson Brand, que chutou de perna direita e colocou no fundo da rede: 0x1.

Após o gol do time colorado, o jogo não teve muitas chances de perigo de gol. O Rio Verde apenas se defendia e tentava jogar nos contra-ataques para buscar o empate. A grande chance do time do Verdão do Sudoeste veio em finalização de fora da área que Matheus Pasinato defendeu.

Com o final do primeiro tempo e pouca efetividade no ataque, o treinador Jorge Luiz colocou o atacante Saulo, experiente e ídolo do Rio Verde, para tentar resolver a situação.

Vila Nova amplia o placar e Saulo diminui com gol bizarro

O começo do segundo tempo veio como um balde de água fria para o Rio Verde. O Vila Nova marcou o segundo gol após jogada individual de Vinícius Leite, que bateu com a perna direita no canto do goleiro Fernando Pompeo: 0x2.

A vitória colorada já estava bem encaminhada no estádio Mozart Veloso do Carmo e o Rio Verde encontrava muita dificuldade para furar o bloqueio do Vila Nova. Até que aos quarenta e oito minutos, o árbitro assinalou uma penalidade para o Rio Verde após toque de mão dentro da área.

O atacante Saulo foi para a cobrança e bateu forte no canto direito do goleiro Pasinato, que conseguiu tocar na bola e mandar na trave. A bola voltou para a área e depois de um bate rebate, a bola voltou para o atacante que chutou em cima da defesa, a bola bateu duas vezes no defensor e entrou. Foi bizarro, mas foi gol: 1x2.