Givanildo Oliveira lamenta derrota e chances perdidas ante Fluminense

Treinador desaprovou à atuação do time americano no primeiro tempo e lamentou a perda da invencibilidade em casa

Givanildo Oliveira lamenta derrota e chances perdidas ante Fluminense
Foto: Divulgação/América-MG

A estreia do América-MG no Campeonato Brasileiro não foi a melhor possível. O Coelho perdeu para o Fluminense, no Independência, por 1 a 0, com gol do atacante Fred, jogador lançado profissionalmente pelo time americano em 2003. 

O resultado desagradou o técnico Givanildo Oliveira, que creditou a derrota ao primeiro tempo ruim protagonizado pelos jogadores em campo, além das chances perdidas na etapa final, que poderiam ter mudado a história do jogo.

"A estreia, é claro não foi boa. No momento em que você perde, nunca é bom no futebol. Principalmente pelo primeiro tempo que fizemos, em que ficamos muito acuados, sem iniciativa. Uma coisa que eu não gosto no futebol é quando meu time deixa os zagueiros botarem a bola no peito e darem dois, três, quatro, cinco toques. Até isso aconteceu, o que nunca tinha acontecido com o América. Aí já começa o erro, parece erro bobo, mas não. É um sinal de que ninguém está apertando", declarou. 

O treinador americano lamentou também a perda da invencibilidade do clube atuando dentro do Estádio Independência. O Coelho não perdia em casa desde setembro do ano passado, ainda pela Série B do Brasileirão. Givanildo ainda aproveitou para alertar sobre a dificuldade que é a disputa da primeira divisão.

"Tudo na nossa vida tem um dia. Infelizmente, aconteceu (perda da invencibilidade) agora contra um grande time. Série A vocês já sabem, não é a toa que tem o nome de Série A. É tudo complicado e nós temos que estar inteiros, com condições de encarar, como nós encaramos o Fluminense no segundo tempo. Essa é a principal coisa. Esse lado de você estar invicto, um dia ia acontecer e infelizmente aconteceu agora. Eu queria que durasse mais, até dezembro, porque se você não perde em casa, na Série A, é meio caminho andado para uma boa colocação", explicou.

O América-MG passa a pensar na Copa do Brasil. O Coelho vai até o Estádio da Fonte Nova, em Salvador, para definir a classificação para a terceira fase do torneio contra o Bahia, quarta-feira (18), às 21h45. Novo empate sem gols, leva a decisão para as penalidades máximas. Resultado igual com gols classifica o time americano.