América-MG busca primeira vitória no Brasileiro contra instável Ponte Preta

Atual campeão mineiro não começou bem o campeonato, e busca os primeiros três pontos na competição diante da Macaca, que também ocupa a zona de rebaixamento

América-MG busca primeira vitória no Brasileiro contra instável Ponte Preta
Histórico de confrontos entre as equipes é bastante equilibrado (Foto: Carlos Cruz/América Mineiro)
América-MG
Ponte Preta
América-MG: João Ricardo; Hélder, Alisson, Sueliton, Xavier; Claudinei, Leandro Guerreiro, Alan Mineiro, Danilo, Eduardo; Rafael Bastos. Técnico: Givanildo Oliveira.
Ponte Preta: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu, Reinaldo; Matheus Jesus, João Vitor, Felipe Menezes; Felipe Azevedo, Roger, Wellington Paulista. Técnico: Eduardo Baptista.
ÁRBITRO: Leonardo Garcia Cavaleiro.
INCIDENCIAS: Partida válida pela 05ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Realizado no Estádio Independência, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

No início da noite desta quinta-feira (2) América-MG e Ponte Preta se enfrentam no Estádio Independência às 19h30, em duelo válido pela 05ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016. Será apenas o sexto confronto entre as equipes. Pelo Brasileirão Série B, as equipes se enfrentaram em 2014, com duas vitórias para a equipe mineira, e em 2010, com um empate e uma vitória para a equipe de Campinas. O único confronto válido pela elite nacional foi em 2001, com vitória da Macaca.

O América iniciou sua temporada da melhor maneira possível. Acostumado a ser coadjuvante, o Coelho supreender Minas ao vencer o Campeonato Mineiro eliminando os dois gigantes do estado: Cruzeiro nas semi-finais e o Atlético-MG na grande decisão. Contudo, as expectativas eram altas para o desempenho da equipe neste início de Brasileirão. Mas em quatro partidas a equipe ainda não venceu. Foram duas derrotas para Fluminense e Chapecoense, e dois empates diante do Vitória e novamente contra o Cruzeiro.

Obviamente que seria bastante complicado repetir o ótimo início de temporada da Ponte Preta no Brasileirão do ano passado. A equipe também está bastante modificada comparada aquela que esteve por algumas rodadas no G-4 da competição. A estreia foi modesta, com um empate sem gols diante do Figueirense em Florianópolis. Em seguida, ocorreu a primeira e única vitória até o momento diante do Palmeiras. E o que era pra motivar ainda mais a equipe acabou trazendo duas derrotas em sequência, para Corinthians e Flamengo.

Victor Rangel é baixa, mas Alan Mineiro deverá estrear como titular 

Uma das principais peças da equipe de Givanildo Oliveira, Victor Rangel está vetado com uma lesão no adutor da coxa direita, e não está nem entre os relacionados para o duelo diante da Macaca.

Para compensar a perda de um atleta importante, nada como um estreia confirmada de um reforço. Alan Mineiro, que não se firmou na equipe do Corinthians neste início de temporada, chegou ao Coelho nesta semana e já estará entre os titulares para o duelo desta quinta-feira. Seu companheiro de meio-campo será Rafael Bastos, e Alan conversou sobre a dificuldade em relação ao entrosamento com tão pouco tempo desde sua chegada.

"Claro que tem que ter bastante conversa entre eu e Rafael Bastos. A gente vai ter que conversar bastante, porque alguém vai ter que fazer o papel de centroavante. A falta de entrosamento pode atrapalhar um pouco. Quando terminou o treino, a gente ficou conversando, o pessoal da frente, para tentar se acertar, se achar. É a primeira vez que treinamos juntos, o diálogo vai ser importante", revelou.

"A Ponte Preta é uma grande equipe, estava comentando isso. Enfrentei no paulista, é uma equipe que joga muito fechada, principalmente fora de casa. Eles têm uma identidade, porque já vêm jogando juntos desde o ano passado. Nossa equipe vai ter que ter muito cuidado", ressaltou.

Macaca busca voltar a vencer com Felipe Menezes entre os titulares

Desde que chegou a Campinas o meia Felipe Menezes "briga" para conseguir seu melhor condicionamente físico. Para o importante confronto diante do Coelho, Felipe deve aparecer entre os titulares, para ser o principal criador de jogadas da equipe que terá em seu setor de ataque um trio formado por Felipe AzevedoWellington Paulista e Roger.

O último foi o escolhido para conversas com a imprensa sobre o confronto em Belo Horizonte. O experiente atacante destacou a importância de vencer um duelo fora de casa para trazer novamente a confiança a equipe.

"É o jogo para conquistarmos a primeira vitória fora de casa, impor nosso ritmo. O América-MG não vem bem, ainda não venceu, joga com esse peso, diante da torcida, que sabemos que não tem tanto apoio assim lá. É o jogo para fazer um grande jogo, colocar um algo a mais, vencer e ganhar moral para Porto Alegre", afirmou citando o confronto do final de semana diante do Grêmio.

"Estamos acostumados (com as críticas). Eu particularmente não concordo com muitas opiniões de vocês (jornalistas), mas respeito. Mas acho que estamos no caminho certo. Se eu não me engano, fomos muito mal em apenas um de quatro jogos, contra o Corinthians. Nos outros três fomos bem, demos o ritmo, propomos o jogo. Então, nosso otimismo está lá em cima. Não adianta deixar as coisas de fora trazer desconfiança, tristeza", concluiu.