América-MG bate Fortaleza pelo placar mínimo e leva vantagem para jogo de volta

Coelho leva a melhor sobre o Leão e leva vantagem para Fortaleza

América-MG bate Fortaleza pelo placar mínimo e leva vantagem para jogo de volta
Foto: Divulgação/CBF
América-MG
1 0
Fortaleza
América-MG: João Ricardo; Pablo (Christian Sávio, Min. 75), Roger, Adalberto e Danilo Barcelos; Leandro Guerreiro, Claudinei, Tony (Sávio, Min. 64) e Osman (Guilherme Xavier, Min. 82); Alan Mineiro e Victor Rangel. técnico: Sérgio Vieira
Fortaleza: Berna; Railan, Lima, Edimar e Willian Simões (Bruninho, intervalo); Corrêa, Pio, Rosinei (Felipe, Min. 79) e Éverton; Juninho (Clebinho, intervalo) e Anselmo. técnico: Marquinhos Santos
Placar: 1-0, Danilo Barcelos, Min. 59
ÁRBITRO: Bruno Rezende Silva (GO); Bruninho (min. 58), Sávio (Min. 64), Pio (Min. 77)
INCIDENCIAS: jogo de ida da terceira rodada da copa do brasil 2016, realizada no estádio independência, em minas gerais

Nesta quinta-feira (7), América-MG Fortaleza duelaram pelo jogo de ida da terceira rodada da Copa do Brasil 2016. O tricolor cearense teve as melhores chances da partida, mas com um gol de pênalti de Danilo Barcelos, o Coelho conseguiu um bom resultado e tem a vantagem para o jogo de volta na Arena Castelão no próximo dia 28 de julho, às 21h.

O Coelho retorna à campo no próximo domingo (10), quando visita o São Paulo pela 14ª rodada do Brasileirão. Também no domingo, só que às 18h30, o Fortaleza visita o Remo pela oitava rodada da Série C do Campeonato Brasileiro.

Fortaleza cria melhores chances, mas placar fica zerado

O começo de jogo foi meio morno no Independência. O América-MG, por ser dono da casa, ficava muito mais tempo com a bola nos pés, trocando passes, tentando envolver a equipe cearense, que, por outro lado, fazia o mesmo papel de sempre quando atua fora de casa, fechando muito bem os espaços e evitando que o adversário chegue com facilidade ao gol.

O primeiro arremate do jogo só aconteceu aos 26', quando Alan Mineiro recebeu na entrada da área com espaço e mandou para o gol, mas Ricardo Berna fez boa defesa e salvou o Fortaleza. A primeira chance tricolor no jogo saiu cinco minutos depois, quando Anselmo recebeu bom passe de Éverton, avançou, invadiu a área, mas finalizou fraco para a fácil defesa de João Ricardo.

As melhores chances do primeiro tempo foram da equipe cearense. Aos 38', Corrêa acertou um lindo lançamento para Pio, que recebeu com espaço, viu João Ricardo adiantado e mandou por cobertura, mas com pouca força, e o arqueiro do Coelho defendeu. Minutos depois, Rosinei recebeu na esquerda, deu belo drible de corpo no defensor e chutou com força, rasteiro, mas João Ricardo defendeu mais uma vez.

No último lance do primeiro tempo, o América puxou contra-ataque após falta não marcada em Éverton e a bola chegou em Tony, que driblou Railan, avançou, bateu cruzado e Ricardo Berna bateu roupa. A bola ia sobrando para Victor Rangel completar para o gol, mas Willian Simões apareceu no momento certo e afastou o perigo. Nada de gols na primeira etapa.

Danilo Barcelos garante triunfo mineiro

O segundo tempo começou com o Fortaleza assustando logo cedo. Aos 3', Corrêa puxou contra-ataque e passou para Clebinho, que havia acabado de entrar. O meia recebeu, tentou bater colocado, mas pegou mal na bola e ela foi por cima. Os cearenses acumularam chances perdidas em Minas Gerais.

E essa quantidade de chances perdidas puniram o Fortaleza. Aos 14', Alan Mineiro deu ótimo passe para Osman, que recebeu, invadiu a área e foi derrubado por Bruninho: pênalti para o Coelho. Danilo Barcelos cobrou com categoria e abriu o placar no Independência: 1 a 0 América-MG. A bola puniu a equipe cearense, que estava melhor na partida.

Depois disso, a partida ficou bem equilibrada e morna, com o América-MG controlando bem o jogo, trocando passes, enquanto o Fortaleza tinha dificuldade para sair de trás em busca do empate. Na última chance do jogo, aos 46', Corrêa cobrou falta quase do meio do campo, Lima subiu bem, mas cabeceou fraco, nas mãos de João Ricardo. Vitória do Coelho.