De volta ao América-MG, Matheusinho avalia passagem pela Seleção: "Ganhei maturidade"

Meio-campo, de apenas 18 anos, foi sparring, durante nove dias, do elenco brasileiro que irá disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

De volta ao América-MG, Matheusinho avalia passagem pela Seleção: "Ganhei maturidade"
Habilidade e personalidade são as principais características de Mateusinho (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Nos últimos nove dias, o meio-campo Matheusinho teve uma experiencia enriquecedora na carreira: treinar com a seleção brasileira olímpica, na Granja Comary. O jogador do América-MG foi um dos sparrings chamados pelo técnico Rogério Micale, e durante sua passagem por Teresópolis, teve a oportunidade de treinar ao lado de Neymar, Gabigol, Marquinhos e todos os outros jogadores.

Matheusinho se destacou dentre os sparrings, dando trabalho aos marcadores. Thiago Maia que o diga. O volante do Santos foi superado por uma caneta aplicada pelo jovem atleta do América, que ainda acertou o travessão duas vezes seguidas, em uma das brincadeiras favoritas pelos jogadores. Mas para o meio-campo, valeu mesmo foi ter treinado junto com Neymar, no qual serve como referência na carreira.

"Eu ganhei maturidade. Tive a oportunidade de conviver com vários jogadores de alto nível como o Neymar, como o Marquinhos e o Gabigol. Foi para ajudar, mas também olhar o que eles faziam. Eu tento observar muito os treinos do Neymar, ainda mais por ele ser atacante e eu ser muito fã dele. Eu tento observar o máximo, para que eu possa pegar várias coisas boas e aprender cada dia mais”, declarou Matheusinho.

(Foto: Divulgação/CBF)
(Foto: Divulgação/CBF)

Apesar da habilidade, o jogador é um dos que menos entrou em campo com a camisa do Coelho no Campeonato Brasileiro. Em 15 rodadas, Matheusinho esteve em campo apenas 33 minutos. Agora, com a experiência marcante na Granja Comary, o meio-campo se colocou à disposição do técnico Enderson Moreira para tirar o América-MG da lanterna do Brasileirão.

"Eu estou trabalhando cada dia mais forte para que eu possa chegar no nível alto e possa ajudar o América-MG da melhor forma possível. É o que vou fazer, a cada dia lutar mais pra ajudar o América-MG. Vou trabalhar forte, focado. Vou treinar bem, vou fazer meus trabalhos tranquilos, com calma. Quando a oportunidade chegar, vou estar ali pra agarrar da melhor forma possível", disse.

Além de ter sido supervisionado por Rogério Micale, Matheusinho também treinou sob os olhares do técnico Tite. O contrato do jogador com o América-MG vai até 2020.