América-MG vence pelo placar mínimo e São Paulo segue com alerta contra Z-4

Atacante marcou um belo gol da intermediária aos 26 minutos, e deixou o Coelho sonhando com a permanência na série A

América-MG vence pelo placar mínimo e São Paulo segue com alerta contra Z-4
Foto: Divulgação São Paulo/Rubens Chiri
América-MG
1 0
São Paulo
América-MG: João Ricardo, Christian, Éder Lima, Messias (Maktom, min. 62), Ernandes, Juninho, L. Guerreiro, Danilo, Tony, Matheusinho (Renato Bruno) e Michael (Claudinei, min. 76).
São Paulo : Denis; Wesley; Maicon, Rodrigo Caio; Mena; João Schmidt, Thiago Mendes; Kelvin (Pedro, min. 62), Cueva, David Neres, Chavez (Luiz Araújo, min. 76).
Placar: 0-1, min. 26, Michael.
ÁRBITRO: João Batista de Arruda. Cartões amarelos: Mena (min. 30),
INCIDENCIAS: Partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016.

O São Paulo visitou o América-MG nessa segunda-feira (31), em busca de uma vitória para afasta de vez qualquer perigo de rebaixamento. Já o time mineiro atuando em casa e com poucas chances de salvação, conseguiu vencer a partida com uma golaço de Michael da intermediária.

Com a derrota, a equipe paulista segue na 12° colocação com 42 pontos. Já os mineiros permanecem em 19° lugar, mas agora com 27 pontos, 11 atrás do 16° na classificação.

Na próxima rodada o América vai até o Arruda, onde enfrenta o Santa Cruz, no domingo (6), às 17h. Já o São Paulo recebe o Corinthians no Morumbi, no sábado (5), às 19h30. 

São Paulo ataca, mas é surpreendido 

O São Paulo começou a partida com objetividade. Com posse de bola, os comandados de Ricardo Gomes avançavam constantemente à grande área adversária, que contava com o brilhantismo do goleiro João Ricardo, responsável por impedir que a equipe paulista abrisse o placar nos minutos iniciais. Movimentando o time, o jovem atacante David Neres, perdeu grandes oportunidades frente ao gol. 

A resposta aos contra-ataques veio aos 26 minutos, e com gol. Wesley foi desarmado pelo lado esquerdo, entregando um verdadeiro presente ao adversário, que oportunista, lançou a bola nas costas de Maicon, para Michael. Adiantado, Denis viu o atacante fuzilar as redes pelo canto direito.

E já não bastasse o gol tomado, o Coelho assustaria novamente. Em cobrança de escanteio, Ernandes subiu mais alto e cabeceou a bola em direção ao lado direito de Denis. A partida permaneceu entre contra-ataques e gols perdidos, para ambos os lados. Com três de acréscimo, o árbitro encerrou o primeiro tempo.

São Paulo tenta, mas não consegue marcar

No segundo tempo quem ameaçou primeiro foi o São Paulo. Mena recebeu lançamento na esquerda e cruzou para Chavez, que bateu a direita do gol de João Ricardo. Aos cinco minutos o América respondeu com Tony, que recebeu passe de Danilo Barcelos e bateu por cima do gol. O Coelho apostavam no contra-ataque enquanto que o São Paulo se arriscava mais na frente.

Jogo ficou mais intenso, de um lado Matheusinho tentava, do outro quem comandava as ações do tricolor paulista era Cueva, que aos 9 cobrou falta para Rodrigo Caio, que cabeceou para fora. Aos 14, mais um vez o peruano apareceu. Dessa vez Cueva deu belo lançamento para David Neres, que na cara de João Ricardo, acabou finalizando em cima do goleiro, perdendo grande chance de empatar a partida

Aos 20', Chavez lançou Neres, que tentou o voleio mas acabou furando a bola. O jogo era movimentado mas com poucas chances claras de gol na segunda etapa. Aos 30', João Ricardo defendeu chute de longa distância de Chavez. A torcida são paulina impaciente com a falta de gols começou a gritar o nome de Luís Fabiano, que está voltando para o Brasil.

Aos 39', o São Paulo tentou denovo. Cueva tabelou com Thiago Mendes e chutou fraco, para tranquila defesa de João Ricardo. O clube paulista seguiu em busca do gol de empate. Aos 45,  João Schmidt cruzou na área e Rodrigo Caio cabeceou para outra fácil defesa do goleiro do Coelho. O São Paulo teve a última chance aos 48, com Cueva, que ficou com a sobra de escanteio batido por Wesley, e finalizou em cima de Éder Lima. No rebote o peruano chutou denovo e dessa vez João Ricardo defendeu para garantir a vitória da equipe mineira.

Essa foi a 11° partida entre as duas equipes no campeonato brasileiro. O América-MG conseguiu a sua primeira vitória, já que nas outras foram sete vitórias do São Paulo e três empates.