Victor Alberice destaca evolução do América-MG em vitória e mira sequência de confrontos diretos

Treinador americano elogiou postura do time mineiro no triunfo sobre o Centro Olímpico por 2 a 0 e já se prepara para enfrentar Portuguesa e Cresspom, equipes da ponta da competição

Victor Alberice destaca evolução do América-MG em vitória e mira sequência de confrontos diretos
Foto: Assessoria América-MG

O desejo de chegar à elite do Campeonato Brasileiro feminino pulsa pelos lados do América-MG. A batalha para atingir tal feito começou no último sábado (13), com o pé esquerdo, mas tomou um pouco de alívio nessa quarta (17), no "Baleião", com o triunfo sobre o Centro Olímpico por 2 a 0.

Para o treinador alviverde, Victor Alberice, a equipe apresentou uma evolução na segunda rodada, diante das paulistas, em relação ao desempenho mostrado frente ao Caucaia, no revés por 3 a 2 do time mineiro na rodada inicial da Série A2 do Brasileirão. 

"O jogo foi melhor que a estreia, porque não fizemos um bom jogo [contra o Caucaia], sentimos psicologicamente a partida, fisicamente o clima e taticamente tivemos erros, mas conseguimos corrigir. Mudamos a forma de marcação e conseguimos pressionar o ADECO [Centro Olímpico]. Nosso time conseguiu entrar no jogo psicologicamente dentro daquilo que a gente queria, conseguiu cumprir bem a proposta e a estratégia", analisou o comandante.

O triunfo americano caiu na conta da meia-atacante Tábata, que marcou os dois gols da equipe. O primeiro em uma bola enfiada de Dilene, e o segundo na cobrança de um tiro livre indireto. "Em geral, ficou de positivo a postura tática da equipe, bem diferente do primeiro jogo. A gente poderia ter feito mais gols, mas foi um placar justo. O importante é conseguir a vitória", afirmou Victor.

Tábata marca dois e garante triunfo do América-MG sobre Centro Olímpico: "Feliz demais"

Nesta primeira fase, a Série A2 do Brasileirão é dividida em dois grupos com oito integrantes cada. Após se enfrentarem, totalizando sete partidas para cada clube dentro do seu respectivo grupo, os dois primeiros colocados de cada conjunto avançam para uma fase mata-mata, disputando semifinais. Os dois grandes finalistas, então, garantem-se na primeira divisão.

Um fase de classificação tão breve demanda uma atenção redobrada e bastante cautela para evitar deslizes. "Em um campeonato curto, a gente não tem margem para erro, ainda mais jogando em casa. Um campeonato onde o mando de campo faz muita diferença. Sentimos isso na pele na estreia fora de casa, em um jogo onde o clima e o estádio são bem diferentes. Então a gente tem que fazer valer isso quando joga na nossa casa, se impor", enfatizou o treinador. 

Sequência forte

O América terá pela frente uma sequência de jogos em que a vitória é fundamental para o time alviverde: dois confrontos diretos contra as atuais líder e vice-líder do Brasileirão. Na próxima quarta-feira (24), o time mineiro recebe a Portuguesa, às 20h, no Baleião, e enfrenta na rodada seguinte o Cresspom, às 15h do dia 31 de maio.

"São times muito fortes. O Cresspom é uma equipe tradicionalmente mais forte. A Portuguesa vem de um empate e uma vitória, não está mal no Paulista. Precisamos treinar e pensar nelas [Portuguesa] agora", analisou Victor.

Foto: Reprodução

"O Cresspom é um jogo mais para frente um pouco. Vamos tentar conseguir informações, porque no futebol feminino é mais difícil de assistir aos jogos e conseguir isso. Mas são duas equipes [Portuguesa e Cresspom] que vão brigar por classificação. Equipes fortes, em que é importante demais fazer pontos contra elas e evitar que tirem pontos nossos", completou o técnico do América. 


Share on Facebook