Em jogo polêmico, Rafael Lima reclama de árbitro: "Totalmente despreparado"

Com um a mais durante quase todo o segundo tempo, Coelho empatou com Goiás fora de casa e reclamou de pênalti no fim

Em jogo polêmico, Rafael Lima reclama de árbitro: "Totalmente despreparado"
Ao fundo, Rafael Lima é o capitão do América (Foto: Daniel Hott/América-MG)

Na noite dessa sexta-feira (18), o América-MG visitou o Goiás e empatou por 1 a 1 no Estádio Olímpico. Em cobrança de escanteio, Luan abriu o placar do jogo, mas Gustavo empatou para a equipe da casa. Após o apito final, o zagueiro Rafael Lima reclamou da arbitragem após um lance polêmico no fim: o time mineiro pediu um toque no braço de Matheus Ferraz em cruzamento de Pará, lance que poderia ter resultado na indicação de um pênalti a favor do Coelho.

Em jogo sem torcida, América-MG empata com Goiás e mantém liderança da Série B

"Dominamos o jogo, com respeito ao Goiás. Tivemos as melhores oportunidades, mas infelizmente no último lance o árbitro não deu um pênalti claríssimo. Já fiquei sabendo aqui que foi pênalti. Foi pênalti claro para todos, menos para o árbitro. Esse cidadão apitou nosso jogo da Copa do Brasil contra o Murici e também nos prejudicou lá. É totalmente despreparado. Mas agora precisamos focar no próximo jogo", disse. Quem apitou Goiás x América-MG foi Marielson Alves (BA).

O time esmeraldino empatou a partida já nos acréscimos da etapa inicial, também em lance que gerou certa polêmica em meio aos jogadores do América. Autor do gol do Coelho, o atacante Luan comentou sobre o tento da equipe da casa. "A gente estava bem na partida. Na minha opinião, foi falta no goleiro. Não sei se a bola não entrou antes ou não. Se não entrou, foi falta no goleiro. Apesar disso, nosso time está de parabéns", ressaltou. 

Na jogada que resultou no gol de empate do Goiás, a equipe da casa cobrou falta pela esquerda, e Luan tirou o perigo de cabeça. Em seguida, sobrou para Carlos Eduardo, que falhou, mas insistiu para tentar nova finalização. A bola chutada pelo atleta goiano explodiu em Rafael Lima e quase entrou, mas João Ricardo defendeu. A disputa com Gustavo, que já chegava para empurrar a bola para o gol fez com que o goleiro americano perdesse o domínio, e a reclamação dos jogadores do Coelho se pauta nessa possível falta sobre o arqueiro da equipe mineira.

Com o empate, o América chegou a 40 pontos e garante a liderança até o final da rodada. O Coellho voltará a campo na próxima terça-feira (22), contra o Criciúma, às 21h30, na Arena Independência.