Com um pé na elite do futebol brasileiro, América-MG vai ao Sul para enfrentar Brasil de Pelotas

Coelho vem de duas vitórias seguidas, contra Santa Cruz e Luverdense; gaúchos, no meio da tabela, não querem se complicar com Z-4

Com um pé na elite do futebol brasileiro, América-MG vai ao Sul para enfrentar Brasil de Pelotas
No primeiro turno, América venceu Brasil de Pelotas por 3 a 0, no Horto (Foto: Mourão Panda/América-MG)
Brasil de Pelotas
América-MG
Brasil de Pelotas: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Leandro Leite; Marlon, Marcinho, João Afonso e Lincom; Calyson e Misael. Técnico: Clemer.
América-MG: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Pará; Ernandes, Juninho, Ruy e Matheusinho; Luan e Bill. Técnico: Enderson Moreira.
ÁRBITRO: Paulo H. Schleich Vollkopf (MS), auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 30ª rodada da Série B, a ser disputado no estádio Bento Freitas, em Pelotas, no dia 17 de outubro de 2017, às 20h30.

A segunda divisão do Campeonato Brasileiro está entrando em sua fase decisiva. Com grandes chances de acesso à elite do futebol nacional, o América-MG terá, nesta terça (17), mais um compromisso para tornar ainda mais reais suas condições para subir. O Coelho vai visitar o Brasil de Pelotas, às 20h30, no Bento Freitas, em Pelotas, pela 30ª rodada da Série B.

O time mineiro ocupa a segunda posição da tabela, com 54 pontos, três a menos que o líder, Internacional. Já a equipe gaúcha chega na décima colocação, com 37 pontos, apenas três acima do Luverdense, que abre a zona de rebaixamento. 

No primeiro turno, o América venceu o Xavante por 3 a 0, com gols de Bill, Renan Oliveira e Pará. O duelo desta noite, com mando dos gaúchos, terá o árbitro Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Daiane Caroline Muniz dos Santos (MS). 

Em boa fase, América quer emendar triunfos

O América vem de duas vitórias consecutivas, contra Santa Cruz (1 a 0) e Luverdense (2 a 1). Embalado pelos resultados positivos, o Coelho mira a ponta, que hoje é do Inter. A equipe treinou pela manhã no CT do Grêmio nessa segunda (16), viajando no período da tarde para Pelotas. 

O time alviverde tem três atletas no departamento médico: os laterais Ceará (direito) e Giovanni (esquerdo), ambos com um estiramento na coxa esquerda, além do zagueiro Lima, que sofreu uma tendinopatia no adutor esquerdo. O goleiro João Ricardo falou sobre o confronto desta terça em Pelotas.

"A expectativa é boa, depois das vitórias que tivemos nos últimos dois jogos, mas sabemos das dificuldades de se jogar lá. O estilo de jogo deles é pesado, de muita força e jogadas de bolas paradas. O campo é pesado e o clima está chuvoso. Estamos embalados por duas vitórias, temos o astral elevado e esperamos fazer um grande jogo", disse.

A lista de pendurados do Coelho tem Messias, Christian, Hugo Cabral, Zé Ricardo, Fernando Leal, João Ricardo, Norberto e Pará. Em caso de cartão amarelo para algum deles, o América terá desfalque para o duelo frente ao Paraná, no sábado (21), no Independência.

Brasil quer se recuperar de derrota

O Brasil de Pelotas terá duas partidas seguidas em casa para somar seis pontos. O time gaúcho vem de uma derrota em confronto regional com o Internacional por 1 a 0 e por isso vê nos duelos como mandante a oportunidade de chegar aos 43 pontos e não ver com tanto perigo a zona de rebaixamento.

O Xavante terá desfalques para o jogo contra o América. O zagueiro Teco, o lateral Marlon e o meia Marcinho vão cumprir suspensão. Com isso, respectivamente, assumem Evaldo, Breno e Elias (Rafinha). O técnico Clemer comentou sobre as mudanças que terá de promover frente ao clube mineiro.

"Conseguimos trabalhar o que estamos pensando em relação à substituição de jogadores que estão fora, sempre dentro da ideia de dar oportunidade para quem vem treinando bem. O América disputa para ser campeão, é um time muito forte”, afirmou.