Com promessa de casa cheia, América-MG enfrenta CRB para vencer Série B após 20 anos

Coelho depende apenas de uma vitória para sagrar-se campeão; já alagoanos não têm pretensão alguma no torneio mais

Com promessa de casa cheia, América-MG enfrenta CRB para vencer Série B após 20 anos
Fotomontagem: Marcello Neves/VAVEL Brasil
América-MG
CRB
América-MG: Fernando Leal, Norberto, Rafael Lima, Messias, Pará, Juninho, Ernandes, Felipe Amorim, Renan Oliveira, Bill e Luan. Técnico: Enderson Moreira.
CRB: Edson Kolln; Eduardo, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri e Rodrigo Souza; Edson Ratinho, Chico e Tony; Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.
ÁRBITRO: Luiz Flavio de Oliveira (SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP).
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a ser disputado na Arena Independência, às 17h30 do dia 25 de novembro.

Dono da ponta da tabela da Série B, o América-MG chegou à última rodada do torneio dependendo apenas de si para ser campeão. De olho na taça da segundona, o Coelho mira uma vitória para cima do CRB neste sábado (25), às 17h30, na Arena Independência, o que  colocaria a taça da Série B em suas mãos após duas décadas. De um lado, uma equipe que ainda tem chances de vencer a competição, do outro, um time que nada mais ambiciona no torneio.

O América tem 70 pontos, dois a mais que o Internacional, que soma 68. O time colorado vai enfrentar, no mesmo horário do duelo em Minas, o Guarani, em casa. Se vencer, pressionará o Coelho para assim proceder, mas, se tropeçar, o título ficará com o clube alviverde. O CRB é o 14º, com 45 pontos, e não tem mais chance de cair.

América e Inter deixaram o arremate de toda da trama da Série B de 2017 para ser dado na última rodada. Os classificados para a Série A de 2018, bem como os rebaixados para a terceira divisão, já são conhecidos, restando apenas o "embate" entre Minas Gerais e Rio Grande do Sul. No Independência, apitará Luiz Flavio de Oliveira (SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP).

Com casa cheia, América tenta segundo título na Série B

A grande dúvida do Coelho para este duelo decisivo é o goleiro João Ricardo, que deixou o campo mais cedo na última rodada, contra o Londrina. Na zaga, uma boa notícia fica com Messias, que deve retornar para fazer dupla com Rafael Lima. Recuperado de contusão no tornozelo direito, o meia Renan Oliveira também está disponível para o técnico Enderson Moreira e será titular.

Precisando da vitória para sair com o título, o América deve ir a campo com Fernando Leal, Norberto, Rafael Lima, Messias, Pará, Juninho, Ernandes, Felipe Amorim, Renan Oliveira, Bill e Luan. Com o título próximo, o técnico Enderson Moreira pediu respeito ao CRB e concentração para sair com a vitória. 

“A nossa expectativa é de um ambiente bacana, diferente. Falei com os atletas que ainda temos um jogo e que temos que ter muito respeito. (…) É um time que não tem mais o que perder na competição, mas é uma boa equipe, com bons atletas. Precisamos deixar o entusiasmo da chance do título de lado e nos concentrar muito no jogo. Vai ser muito difícil. O Juventude também não tinha mais nada e foi duríssimo. Precisamos estar muito ligados", pontuou.

No primeiro turno, o CRB foi o responsável por quebrar uma sequência invicta de 12 partidas do América. O Coelho ficou da sétima à 18ª rodada sem perder, mas caiu na 19ª diante do time alagoano fora de casa. Desta vez, os mineiros chegam para o duelo com a chance de levantarem o título da segunda divisão após 20 anos. A última, e única vez, aconteceu em 1997, com Givanildo Oliveira no comando técnico.

Os mais de 22 mil ingressos disponibilizados para o duelo na Arena Independência foram garantidos, e por isso terá casa cheia no jogo que pode dar o título ao Coelho. Essa carga representa mais que o dobro do que a torcida alviverde já havia colocado no estádio.

Sem mais nada que cumprir na Série B, CRB apenas cumpre tabela

O jogo deste sábado não vale nada para o CRB. A equipe está garantida na série B e não tem mais condições de ir para a primeira divisão, nem de ser rebaixada. Mas nem por isso os visitantes vão entrar com corpo mole. O técnico Mazola Júnior quer sua equipe competitiva em campo.

“Esse jogo é importante para nós, é um jogo que dá uma grande visibilidade para nós, e não vamos a Belo Horizonte de férias, porque primeiro de tudo, somos profissionais, segundo, representamos uma entidade gigantesca que é o CRB. O jogo vai ser transmitido para o Brasil e o mundo inteiro e nós não vamos querer ser o bobo da festa”, disse à Rádio Gazeta.

O volante Olívio e o zagueiro Flávio Boaventura estão recuperados de lesão e estão com a equipe em Belo Horizonte. Quem também está disponível é o defensor Adalberto, que cumpriu suspensão na última rodada. Possível titular, o meia Tony reencontrará a torcida do América na Arena Independência. Ele defendeu a camisa do Coelho de 2015 a junho deste ano. 

A tendência é que o CRB vá a campo com Edson Kolln; Eduardo, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri e Rodrigo Souza; Edson Ratinho, Chico e Tony; Zé Carlos. Este último, inclusive, envolveu-se numa confusão com o atacante Bill. do América, no duelo da 19ª rodada. Ambos foram punidos com um gancho de nove jogos, mas recorreram e cumpriram seis.