América-MG encara o Tupi no Horto em busca da liderança

Coelho tem a mesma pontuação que outras cinco equipes na competição

América-MG encara o Tupi no Horto em busca da liderança
Rafael Moura volta a ser opção para o técnico Enderson Moreira. (Foto: Divulgação/América-MG)

Em situações completamente distintas, América-MG e Tupi se enfrentam nesta quarta-feira (24), às 19h30, no Independência, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro. O Coelho empatou seu último confronto e ocupa a quarta colocação, com quatro pontos. Já o Galo Carijó perdeu os dois jogos que disputou até aqui, sofrendo sete gols e amargando a lanterna do campeonato. 

O América-MG vai promover a estreia do recém-contratado Carlinhos. O lateral-esquerdo, que disputou a última Série B pelo Goiás, entra no lugar de Giovanni, poupado devido a um desgaste muscular.

Pelo lado do Tupi, o treinador Alexandre Barroso tem a missão de começar a somar pontos na competição. A equipe terá os desfalques do lateral-esquerdo Udson e o atacante Reis

Rafael Moura vive a expectativa do primeiro gol

Fora da partida contra a URT por causa de uma tendinite no calcanhar do pé esquerdo, o atacante Rafael Moura volta a ser opção no ataque americano. Caso tenha condições de iniciar a partida, o atleta entra no lugar de Bill, que foi titular na última partida.

Rafael Moura foi a principal contratação da equipe para a temporada 2018. O atacante, que no último ano jogou pelo Atlético-MG, disputou 49 partidas e marcou 10 gols. 

O América-MG deve ir a campo com: João Ricardo, Norberto, Messias, Rafael Lima e Carlinhos; Zé Ricardo, Matheus Sales e Renan Oliveira; Aylon, Luan e Rafael Moura (Bill).

Tupi conta com Tchô para sair da lanterna

O Campeonato Mineiro não começou de maneira proveitosa para o Tupi. A equipe, após perder para o Cruzeiro na primeira rodada, foi goleada pelo Uberlândia por 5 a 2, jogando em casa. As derrotas resultaram na última colocação do campeonato.

O técnico Alexandre Barroso promoveu a estreia do meia Tchô na última partida, porém o jogador sentiu a falta de ritmo e foi substituído aos 12min do segundo tempo. O meia foi um dos últimos jogadores a se integrar ao elenco e participou de apenas dez dias da pré-temporada.

"O jogo de quarta deve ser mais intenso, então não dá para determinar um tempo. Vou dar meu máximo, a movimentação vai ser melhor do que na estreia, porque a tendência é essa. Vou dar meu melhor, ajudar na marcação e na parte técnica, que é meu forte. Não sei se vão ser 60 ou 70 minutos. A melhor maneira de pegar ritmo é jogando, por mais que não esteja 100%. Acredito que o Barroso pensou assim ao me colocar na segunda rodada. Apesar de não ter sido um jogo bom, ajudou na parte física", comentou o jogador.

A provável escalação do Tupi para o duelo contra o Coelho deve ter: Vilar, Afonso, Sidimar, Wellington e Patrick Brey; Léo Costa, Francesco, Tchô e Rodrigo Dias; Paulinho e Rodrigo.