TJD marca julgamento de Luan por conduta contra URT, e jogador pode não enfrentar Cruzeiro

Atacante do América é denunciado e pode pegar gancho de até 12 partidas; julgamento acontece no dia 30 de janeiro, na semana de clássico contra a Raposa

TJD marca julgamento de Luan por conduta contra URT, e jogador pode não enfrentar Cruzeiro
Luan será julgado pelo TJD por troca de cuspe com torcedor adversário

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Minas Gerais marcou o julgamento de Luan, atacante do América-MG, pela troca de cuspes com um torcedor da URT no segundo tempo da partida entre do último dia 21 de janeiro. O jogador será julgado na próxima terça (30), às 19h, no artigo 254-B, por "cuspir em outrem". A conduta prevê suspensão de seis a 12 jogos.

O árbitro Emerson de Almeida Ferreira realizou uma retificação na súmula. Ele assistiu ao acontecido no dia seguinte e se certificou de que quando o atacante Luan "se dirigia para seu banco de reservas , recebe vindo de um torcedor localizado nas arquibancadas, um liquido compatível a uma cusparada. De ato contínuo o referido atleta se volta ao torcedor e tem uma reação de revide imediata também compatível a uma cusparada. Atos esses que não foram observados durante a partida por nenhum membro da equipe de arbitragem", registrou.

Caso seja condenado, o atleta pode desfalcar o Coelho no clássico contra o Cruzeiro, no dia 4 de fevereiro, às 17h, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Mineiro. Antes, no entanto, o time alviverde tem um compromisso contra o Boa Esporte, jogo marcado para este sábado (27), na Arena Independência.