Dátolo e Carlos Eduardo sentem coxa esquerda e desfalcam Atlético-MG diante do Grêmio

Somadas todas as ausências do elenco alvinegro, o técnico Marcelo Oliveira possui um time inteiro de desfalques

Dátolo e Carlos Eduardo sentem coxa esquerda e desfalcam Atlético-MG diante do Grêmio
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

A sétima passagem de Marcelo Oliveira como técnico do Atlético-MG começa com vários problemas no time. O treinador, que assumiu o comando do alvinegro em lugar de Diego Aguirre, terá dificuldades para escalar o time que enfrenta o Grêmio, além das próximas rodadas do Campeonato Brasileiro

Os dois novos problemas para Marcelo são os meias Dátolo e Carlos Eduardo. Ambos os jogadores alegaram problemas na coxa esquerda e foram levados ao departamento médico. Somado aos outros desfalques, o treinador tem 11 jogadores impossibilitados de atuar. 

Os demais são: Erazo e Cazares, convocados para a Seleção Equatoriana, e Douglas Santos, que serve ao selecionado brasileiro. Os três jogadores disputarão a Copa América Centenário, no próximo mês, nos Estados Unidos. O lateral-esquerdo atleticano ainda deverá desfalcar o alvinegro futuramente, pois tem grandes possibilidades de disputar os Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, a partir de agosto. 

O volante Leandro Donizete está suspenso por mais dois jogos. No ano passado, Donizete pegou quatro jogos de suspensão devido à uma cotovelada aplicada pelo atleta no meia Douglas, do Grêmio, no Brasileirão do ano passado. 

Além de Dátolo e Carlos Eduardo, a lista de jogadores que ficarão parados por ordem médica são: Lucas Pratto (estiramento na panturrilha direita), Leonardo Silva (estiramento na coxa direita), Luan (cirurgia no joelho direito), e Mansur (lesão muscular).

Robinho, que também estava no departamento médico, foi liberado nesta terça-feira (24) e ainda está em trabalho de condicionamento físico. Além disso, o atacante extraiu o siso no último sábado (21) e o local ainda está inchado.