Jogadores do Atlético-MG afirmam que empate com Sport em Recife tem sabor de derrota

Atlético-MG chegou a estar vencendo por 4 a 2, mas deixou o Leão empatar no segundo tempo

Jogadores do Atlético-MG afirmam que empate com Sport em Recife tem sabor de derrota
Jogadores lamentaram o resultado do jogo desse domingo, no Recife. (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Um empate fora de casa pode ser considerado bom, mas as circunstâncias com que ele se deu fizeram com que os jogadores do Atlético-MG deixassem a Ilha do Retiro, nesse domingo (5), lamentando o resultado. O Galo foi para o intervalo vencendo por 4 a 2, mas viu o Sport chegar à igualdade no segundo tempo. Pelo terceiro jogo seguido, o Atlético não conseguiu sair de campo com a vitória.

Após o jogo, os atletas do alvinegro lamentaram muito a vitória que estava nas mãos, mas que ficou no quase mais uma vez. “Isso para mim é derrota. Não desmerecendo o time do Sport, mas o jogo estava fácil, tivemos chances para fazer cinco, seis. Vacilamos de novo, já era para estarmos com duas, três vitórias. Não pode dar essa brecha. Agora vamos pegar o que tem de bom e corrigir o que tem de errado” comentou o volante Leandro Donizete.

Destaque do Galo na partida, o atacante Robinho tomou conta da partida. Em apenas 45 minutos, o rei das pedaladas marcou duas vezes de pênalti e ofereceu outras duas ótimas assistências para Júnior Urso e Patric. Mas o segundo tempo veio, Robinho foi substituído e o Atlético levou o empate. No fim do jogo, o camisa 7 comemorou timidamente a boa atuação, mas não escondeu o desapontamento pelo empate.

“Não era o que a gente queria, a gente sai chateado, deixamos o resultado sair da nossa mão. A gente estava buscando a vitória, queria os pontos, mas deixamos empatar. Estava confiante e graças a Deus consegui fazer, mas o que a gente queria era a vitória”, afirmou.

Com o empate em Recife, o Galo segue sem vencer no comando de Marcelo Oliveira. Até agora com o novo treinador, o time perdeu para o Grêmio e empatou com Atlético-PR, Vitória, Fluminense e Sport. Dos 15 pontos disputados, o comandante viu seus jogadores alcançarem somente quatro. Na próxima rodada o alvinegro encara seu maior rival, o Cruzeiro, no Independência.