Marcelo Oliveira lamenta gol da Ponte e ressalta entrega da equipe após saída de Carioca

Gol marcado no Gigante da Pampulha pode complicar o Galo no jogo da volta; treinador diz que lesão do volante fez o time esfriar em busca da vitória

Marcelo Oliveira lamenta gol da Ponte e ressalta entrega da equipe após saída de Carioca
Marcelo Oliveira durante o embate contra a Ponte Preta, no Mineirão (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Marcelo Oliveira, técnico do Atlético-MG, lamentou o empate diante da Ponte Preta, na noite dessa segunda-feira (24), no Mineirão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. No entanto, o comandante pontuou para o poder de reação do time, que foi ao intervalo perdendo e, com gol de Robinho na segunda etapa, igualou o placar.

Em relação ao jogo, claro que a gente esperava ganhar em casa. A Copa do Brasil é uma competição diferente e é importante vencer sem sofrer gol”, disse. “Infelizmente, levamos o gol no primeiro tempo, quando, em um descuido, a gente deixou o jogador [Roger] em condição. Mas houve uma reação boa, tentamos, forçamos o jogo; a Ponte é um time bem armado e veio com o propósito de nos dificultar bastante. Mesmo assim, a gente criou algumas chances e, no segundo tempo, houve uma reação”, observou.

Quando Marcelo Oliveira já havia realizado as três substituições, o meio-campista Rafael Carioca sofreu um torção no tornozelo esquerdo ao cair de mal jeito no gramado depois de disputar bola aérea com Abuda, volante da Ponte Preta. O atleticano, que está na lista de Tite para defender a Seleção Brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, deixou o duelo sentindo muitas dores. Para o treinador, a saída de Carioca, deixando a equipe com apenas dez jogadores em campo, acabou com o ímpeto do Atlético em busca da virada.

A equipe voltou melhor para o segundo tempo e, quando tinha o controle do jogo, empatou e estava melhor para buscar a vitória; teve o problema do Rafael Carioca e dificultou mais. Mas os atletas se entregaram muito, com um a menos. Falhamos na hora do gol e este fator mudou o rumo do jogo naquele momento”, analisou.

Rafael Carioca deve passar por exames médicos nesta quinta-feira (25) para saber mais informações sobre a lesão em seu tornozelo esquerdo. Com isso, o volante vira dúvida para o confronto diante do Grêmio, no domingo (28), às 16h, em Porto Alegre, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.