Atlético-MG encara desesperado Internacional no Independência

Em condições opostas na tabela, ambos os times precisam da vitória para manter acesos seus objetivos dentro do Campeonato Brasileiro

Atlético-MG encara desesperado Internacional no Independência
Foto: Alexandre Lops/Internacional
Atlético-MG
Internacional
Atlético-MG: Victor; Carlos Cesar, Leonardo Silva, Erazo e Fábio Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso e Cazares; Clayton, Fred e Robinho. Técnico: Marcelo Oliveira
Internacional: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Ceará; Fernando Bob, Rodrigo Dourado, Alex, Gustavo Ferrareis e Eduardo Sasha; Aylon. Técnico: Celso Roth
ÁRBITRO: Pericles Bassols Pegado Cortez (Fifa), auxiliado por Clobis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
INCIDENCIAS: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Partida será disputada no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Considerado um dos clássicos interestaduais mais importantes do futebol brasileiro, Atlético-MG e Internacional entrarão em campo, neste domingo (25), às 18h30, no Estádio Independência. A partida vale pela 27ª rodada do Brasileirão. Os dois times estão em situações opostas na competição. O Galo está na briga pelo título, enquanto o Inter luta para não ser rebaixado para a Série B pela primeira vez em sua história.

O Atlético-MG encara esta partida como primordial para o futuro alvinegro na disputa pelo título brasileiro. O Galo está em terceiro lugar, com 46 pontos, oito a menos que o Palmeiras, e quatro atrás do Flamengo. Se vencer, o alvinegro escapa de outros concorrentes, como Santos, Corinthians e Fluminense. 

O Internacional também precisa vencer e com urgência. O colorado gaúcho perdeu as últimas três partidas que disputou fator que complicou de vez a vida do Inter. Para piorar, os concorrentes na disputa contra o rebaixamento estão abrindo uma diferença considerável de pontos. Se o time do Beira-Rio não iniciar uma reação, terá problemas futuros, que acarretarão no descenso para a Série B de 2017.

Marcelo Oliveira tem desfalque e deverá mudar o time

Motivado pela classificação para as quartas de final da Copa do Brasil diante da Ponte Preta, onde o Galo reverteu uma situação de 2 a 0 contra para o empate nos minutos finais, o alvinegro terá pela frente um adversário que precisa vencer para evitar o rebaixamento no Brasileirão.

No último treinamento, ontem (24), o técnico Marcelo Oliveira fechou os trabalhos para a imprensa, deixando no ar qual será o time que ele colocará em campo contra o Internacional. O único desfalque é o meia venezuelano Otero, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Cazares deverá ser seu substituto. Outro que poderá jogar é o atacante Fred. O argentino Lucas Pratto ficará no banco de reservas. Além de voltar à formação inicial do Galo, Fred completará, neste domingo, 600 jogos como jogador profissional. Sobre este momento, ele declarou toda a sua emoção.

É muito expressivo para qualquer jogador e, ao mesmo tempo, muito especial para mim. Foram muitas partidas inesquecíveis nesse tempo, algumas emocionantes, sofridas até o final... Tem muita história boa. Existiram também derrotas doloridas, mas isso faz parte da vida de qualquer atleta. Sou grato a Deus por tudo, pois olhando para trás vejo como fui e continuo sendo feliz e abençoado na minha profissão. Só tenho a agradecer a cada clube, companheiro, profissionais de bastidores por onde passei e, claro, os torcedores, que são o motivo de tudo no futebol”, declarou.

Outro jogador que volta é o lateral-direito Patric. Após sofrer uma lesão no joelho esquerdo, o jogador considerado polivalente no grupo ficará no banco de reservas.

Celso Roth altera time do Internacional para buscar a vitória

Após conquistar a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil ao passar pelo Fortaleza, o Internacional volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O colorado terá um compromisso complicado perante o Atlético-MG, e precisa da vitória para não se distanciar dos concorrentes que lutam contra o rebaixamento.

Para o embate diante do Galo, o técnico Celso Roth processou diversas mudanças no time titular, mas manteve o mesmo esquema tático. Ceará jogará improvisado como lateral-esquerdo. No meio-campo, Fernando Bob, Gustavo Ferrareis e Eduardo Sasha ganharam as posições de Fabinho, Valdívia e Seijas. Alex ficará como camisa 10 do time.

Um dos jogadores mais importantes do elenco, o goleiro Danilo Fernandes destacou a importância do trabalho para não levar gols diante do forte ataque do Atlético-MG.

São jogadores que não pode dar espaço. Eles têm oportunidade, eles guardam. São jogadores diferenciados. Já joguei contra Fred, Fabio Santos, Robinho. A gente conhece. Tem muita qualidade, independente de nomes. Ali na frente, os que estão mais próximos, temos que ter atenção. Todos têm que ter qualidade. Temos que ter atenção com todos”, explicou.