Envolvido em polêmica extracampo, Dátolo é liberado e não enfrenta a Ponte Preta

Meia não vai viajar para Campinas com o restante do elenco e ficará em BH para resolver imbróglio de dinheiro apreendido em Aeroporto do RJ

Envolvido em polêmica extracampo, Dátolo é liberado e não enfrenta a Ponte Preta
Dátolo estava voltando a ser utilizado no Atlético-MG (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

O ano de 2016 definitivamente não está sendo um dos melhores para o meia Jesús Dátolo, do Atlético-MG. O argentino foi liberado da viagem para Campinas, onde o Galo mede forças com a Ponte Preta, neste sábado (1º), pelo Campeonato Brasileiro, para resolver problemas particulares. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do clube alvinegro.

Dátolo está envolvido em um imbróglio com a Polícia Federal, visto que dois amigos do meia foram presos no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (28), tentando embarcar à Argentina portando R$ 150 mil. A identificação da conta do jogador foi feita por policiais federais. Na noite dessa quinta-feira (29), Dátolo admitiu ser o dono do dinheiro.

Peça importante no Atlético em 2014 e 2015, Dátolo não consegue engrenar no time mineiro nesta temporada. Ele sofreu com várias lesões durante o ano e vem sendo pouco utilizado pelo técnico Marcelo Oliveira, que já chegou a dizer que o atleta “não estava com a cabeça boa”. O argentino disputou apenas 20 jogos dos 60 que a equipe atleticana realizou na temporada.

Após quase três meses afastados dos gramados, Dátolo voltou à ativa há duas semanas. Ele entrou no decorrer de três partidas – Ponte Preta (Copa do Brasil), Internacional (Brasileirão) e Juventude (Copa do Brasil) – e estava ganhando a confiança de Marcelo Oliveira, além de ter fornecido a assistência para o terceiro gol de Lucas Pratto na vitória contra o Inter, no último domingo (25).

O Atlético enfrenta a Ponte Preta neste sábado (1º), às 16h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em duelo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.