Exames apontam lesão e Leonardo Silva está fora do restante da temporada do Atlético-MG

Zagueiro, que se machucou contra o Juventude, será substituído pelo jovem Gabriel, confirma o técnico Marcelo Oliveira

Exames apontam lesão e Leonardo Silva está fora do restante da temporada do Atlético-MG
Leonardo Silva irá desfalcar o Atlético na reta final da temporada (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Após deixar o jogo contra o Juventude, na última quarta-feira (19), pela Copa do Brasil, machucado, o zagueiro Leonardo Silva passou por exames médicos que apontaram uma ruptura no tendão do músculo anterior da coxa direita. Com isso, o defensor está fora do restante da temporada do Atlético-MG e só volta em 2017.

Agora, Leonardo Silva aguarda a diretoria do Galo para iniciar as tratativas de renovação de contrato. O atual vínculo do capitão alvinegro expira em dezembro deste ano. Os representantes do camisa 3 já vinham conversando com os dirigentes do Galo para uma possível extensão contratual.

Sem o experiente zagueiro, o técnico Marcelo Oliveira confirmou que o jovem Gabriel será o titular da posição. O defensor, oriundo da base alvinegra, estava formando dupla com o próprio Leonardo Silva quando o equatoriano Erazo esteve ausente nas últimas partidas, seja por lesão ou convocação à seleção do Equador.

É uma peça a menos, um jogador experiente, que vinha muito bem tecnicamente e fisicamente. O Léo exerce uma liderança muito positiva e vai fazer muita falta. É uma coisa que acontece, principalmente, no futebol brasileiro, por causa do calendário. O Leonardo Silva não tinha indícios. Temos que ter certo cuidado, tirar um ou outro, para proteger os atletas e ter todo mundo nas duas condições. No lugar do Léo, vai jogar o Gabriel”, disse.

Leonardo Silva se junta a mais quatro jogadores no departamento médico: o lateral-direito Marcos Rocha, os meias Dátolo e Maicosuel, e o atacante Carlos.

A princípio, o Atlético ficará sem Leonardo Silva em nove jogos (sete pelo Campeonato Brasileiro e dois pela Copa do Brasil – ida e volta contra o Internacional). Caso o time mineiro supere o Inter e avance na Copa do Brasil, a equipe atleticana ficará sem ele em mais dois jogos, válidos pela final do torneio, diante de Cruzeiro ou Grêmio.