Marcelo Oliveira escolhe Fred para ser capitão do Atlético-MG contra Figueirense

Sem Leonardo Silva, técnico entrega braçadeira ao atacante; Luan pode voltar aos gramados diante do Figueira

Marcelo Oliveira escolhe Fred para ser capitão do Atlético-MG contra Figueirense
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

O atacante Fred será o capitão do Atlético-MG na partida contra o Figueirense, domingo (23), às 19h30 (de Brasília), na Arena Independência, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Quem confirmou é o técnico Marcelo Oliveira, que recebeu nesta sexta-feira (21) a notícia de que Leonardo Silva perderá o restante da temporada devido a uma ruptura no tendão do músculo anterior da coxa direita.

A princípio, o vice-capitão da equipe é o goleiro Victor, que, inclusive, pegou a braçadeira após o zagueiro deixar o campo lesionado na última quarta-feira (19), contra o Juventude, pela Copa do Brasil. O treinador, no entanto, quer um jogador mais “presente” dentro das quatro linhas. Por isso, irá entregar a liderança da equipe dentro de campo a Fred.

Em relação ao capitão, temos o Victor, que já foi capitão, mas como eu acho que o goleiro tem que estar muito concentrado no jogo e não deve sair muito, será o Fred neste jogo”, explicou Marcelo Oliveira, em entrevista coletiva realizada na Cidade do Galo, nesta sexta.

Líder dentro de campo, Fred é um dos que mais dá orientações aos companheiros durante a partida. Mas o atacante, que também ostentava a faixa de capitão em seu ex-clube, o Fluminense, não estará à disposição para os duelos contra o Internacional, pelas semifinais da Copa do Brasil. É que o centroavante já entrou em campo pelo próprio Flu no início do torneio. Assim, Victor ou Robinho surgem como alternativas para usar a faixa.

Possibilidade de equipe mista e volta de Luan

Marcelo Oliveira admitiu a possibilidade de poupar alguns jogadores diante do Figueirense, para evitar possíveis lesões. “A gente vai com o que tem de melhor, mas é possível que poupemos alguém. Vamos analisar neste sábado. O fisiologista e o departamento físico vão analisar. Temos que olhar isso sem perder o poder ofensivo, o poder de jogo. Podemos mudar umas duas peças”, afirmou o comandante, que não terá à disposição o meio-campista Rafael Carioca (suspenso) e o zagueiro Leonardo Silva (contundido).

Em contrapartida, Marcelo pode promover o retorno de Luan. O meia-atacante chegou viajou com o grupo ao Rio de Janeiro, quando o Galo perdeu para o Botafogo, por 3 a 2, e foi cortado de última hora do embate ante o Juventude. O técnico confessou que pode dar alguns minutos em campo ao atleta, que não atua desde a vitória contra a Chapecoense, por 3 a 1, no Independência, no dia 8 de agosto.

A gente tem que quebrar um pouco a ansiedade pelo Luan. Sabemos da importância técnica dele, do que ele influencia pelo futebol dele. Mas temos que ter cuidado. Ele vai ser relacionado, mas a gente pretende utilizá-lo de acordo com as circunstâncias do jogo e em um tempo menor”, findou.

Luan está próximo de retornar à ativa (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
Luan está próximo de retornar à ativa (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)