Rafael Carioca avalia como normal a perda de espaço no Atlético-MG

Jogador não consegue repetir o ano de 2015, e vem alternando partidas no time titular e reserva

Rafael Carioca avalia como normal a perda de espaço no Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Com status de jogador de seleção, o volante Rafael Carioca diz não se incomodar com o fato de perder espaço no elenco do Atlético-MG. De fato, o jogador não consegue repetir o feito da temporada 2015 que o fez ser premiado como o melhor volante do Campeonato Brasileiro.

Criticado por parte da imprensa e também pelos torcedores, Carioca prefere deixar de lado as opiniões e focar no seu rendimento em campo.

"Não posso ficar me avaliando, quem precisa fazer isso é o treinador. Isso é a opinião dele e não vou brigar com ninguém se for sacado do time. É algo que pode acontecer não somente comigo, como com outros jogadores. Se ele achar que outros são melhores, tudo bem. No meu contrato, nada diz que preciso jogar ou ficar fora o tempo todo. Eu sou funcionário do Atlético e se me colocarem em campo, farei o meu melhor", garantiu.

Sobre ficar no banco, o jogador afirma que ninguém gosta, mas que respeita a opinião do treinador e garante que vai trabalhar para que volte a ser o principal titular da posição.

Mesmo amargando algumas partidas no banco de reserva, Rafael Carioca é o segundo jogador que mais atuou no ano pelo clube, ficando atrás apenas do goleiro Victor: 54 partidas contra 58 do arqueiro.

Jogo com o líder

O Atlético-MG enfrenta o Palmeiras nesta quinta-feira (17) à noite, às 21h, no Independência, pela 35ª rodada do Brasileirão. Partida que marca o encontro do quarto colocado contra o líder do certame. Rafael Carioca acredita que o Galo tem tudo para fazer um grande jogo diante da equipe paulista.

"Vamos enfrentar o primeiro colocado e a gente sabe da dificuldade que vai ser porque o Palmeiras não é líder por acaso. Mas, dentro de casa, somos fortes. Conseguimos vencê-los fora e, diante da nossa torcida, temos tudo para fazer um bom jogo e conquistar os três pontos", disse o volante, relembrando a vitória do primeiro turno, por 1 a 0, no Allianz Parque.