'Herói' do Atlético-MG, Rafael Moura comemora vitória sobre São Paulo e revela cobrança interna

Atacante diz que técnico Roger Machado estipulou metas para a equipe antes do início do campeonato

'Herói' do Atlético-MG, Rafael Moura comemora vitória sobre São Paulo e revela cobrança interna
Rafael Moura celebra seu segundo gol no Brasileirão (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

O Atlético-MG conseguiu a sonhada primeira vitória fora de casa neste Campeonato Brasileiro. A equipe alvinegra bateu o São Paulo, neste domingo (18), por 2 a 1, no Morumbi, pela oitava rodada do certame. O jogo estava empatado em 1 a 1 até o minuto 36 do segundo tempo, quando o atacante Rafael Moura aproveitou um vacilo do zagueiro Lucão, marcou e deu o triunfo ao Galo.

Após a partida, o centroavante, que estava substituído Fred – vetado pelo departamento médico –, comemorou o gol e o resultado obtido fora de casa. ‘He-Man’ lembrou que havia desperdiçado uma oportunidade durante os 45 minutos iniciais, mas não perdoou na etapa derradeira.

A gente tem que treinar e se dedicar ao máximo. No primeiro tempo eu tive uma chance, mas não foi na perna boa. Estava desgastado pelo primeiro tempo intenso que a gente fez. Agora, no finalzinho [do segundo tempo], sobrou outra, não pode errar duas chances. Mas é fruto de um trabalho intenso que a gente faz de finalização, mentalização e acreditar em todas as bolas. Hoje, graças a Deus eu fui feliz na minha pessoa, mas para coroar toda a entrega e dedicação do grupo, que merecia essa vitória fora de casa, na qual a gente estava buscando há um bom tempo”, celebrou o camisa 13.

O começo do Galo no Brasileirão não é dos melhores. Prova disto é que a vitória sobre o São Paulo é a segunda da equipe em oito jogos na competição. O começo instável da equipe atleticana atrapalhou os planos do técnico Roger Machado, que, de acordo com Rafael Moura, havia estipulado metas para a equipe antes do início do campeonato.

“[A vitória é] enorme, gratificante e muito bacana. A gente vive um momento complicado na tabela, onde a gente não conseguia os resultados, com cobrança externa e muito interna. Com o grupo que temos não podemos estar nessa situação. A gente tinha várias metas, e o Roger mesmo separou em blocos e acabou com isso. A gente precisava hoje começar a somar pontos, um empate, alguma coisa. Feliz demais por termos conseguido a vitória, os três pontos”, afirmou.

A vitória faz o Galo sair da zona de rebaixamento e ascender para a 15ª colocação, com nove pontos. Agora, o elenco terá dois dias para trabalhar visando à partida contra o Sport, quarta-feira (21), às 21h45, no Independência, pela nona rodada do Brasileirão. “Com o apoio do torcedor, [vamos] fazer o dever de casa, que a gente está devendo dentro do Independência, e subir na tabela”, prometeu Rafael Moura.

Atlético MG