Luan é ameaçado por torcedor e afirma que pode deixar clube caso sua família não se sinta segura

Em entrevista ao canal Fox Sports, atacante do Galo ouviu a ameaça de um torcedor que 'iria invadir o ct'

Luan é ameaçado por torcedor e afirma que pode deixar clube caso sua família não se sinta segura
No Engenhão, Atlético perdeu do Botafogo, por 3 a 0, e foi eliminado da Copa do Brasil (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

A noite da última quarta-feira (26) foi traumatizante para o Atlético-MG, sobretudo para o atacante Luan. Após ser derrotado pelo Botafogo, no Rio de Janeiro, por 3 a 0, e deixar a Copa do Brasil nas quartas de final, o jogador foi ameaçado enquanto concedia uma entrevista para o canal Fox Sports. 

No momento em que falava sobre a atual situação, delicada, do clube, Luan ouviu xingamentos vindos de dois torcedores que estavam sendo retirados do estádio com escolta da polícia. Eles prometeram invadir o "CT" (Centro de treinamento do Atlético em Vespasiano) caso as coisas não voltem ao normal.  Perguntado sobre as ameaças, o atacante deixou claro que se sua família não se sentir segura, ele cogitará a sair do Atlético.

"Estou de boa, estou aqui para servir apenas o Clube Atlético Mineiro. A partir do momento que eu, ou alguém da minha família, sentirmos que há agressividade, vou e peço para ir embora. Estou aqui para honrar as cores do clube e infelizmente hoje teve um time que foi melhor. Tentamos de todas as formas, mas estamos passando por um momento ruim, então temos que vencer logo", disse.

Ainda na entrevista, o jogador reconheceu os méritos do Botafogo e comentou, mais uma vez, a respeito da má fase enfrentada pelo Galo e como o clube irá fazer para sair dessa situação frente a uma sequência de jogos tão decisivas. No domingo (30), o Galo enfrentará o Coritiba, às 16h, no Couto Pereira, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mas Luan também lembrou da 'decisão' que a equipe alvinegra terá no dia 9 de agosto, contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, no Independência, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Neste confronto o Atlético terá que vencer por pelo menos dois gols de diferença para se classificar.

"Infelizmente não saímos com a classificação, levamos gol logo cedo. Parabéns ao Botafogo pela classificação. Agora temos que trabalhar para ajustarmos o que está dando errado o mais rápido para conseguirmos vencer no Brasileiro e enfrentar mais uma decisão em casa, onde teremos que reverter o placar", concluiu.


Share on Facebook