Busca pela vaga na Libertadores 2018 faz Valdívia torcer para Grêmio

Emprestado ao Atlético-MG pelo Inter, meia apoiará o time gremista na grande decisão da competição sul-americana

Busca pela vaga na Libertadores 2018 faz Valdívia torcer para Grêmio
Meia tem empréstimo com o Galo até metade do ano que vem (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Emprestado ao Atlético-MG até maio de 2018, o meia Valdívia passará por uma situação 'poko' inusitada. Pertencente ao Internacional, clube que o revelou para o futebol, o jogador declarou torcida pelo seu ex-rival, Grêmio, que disputa, na noite desta quarta-feira (29), a grande decisão da final da Copa Libertadores. Os gremistas venceram o Lanús no primeiro jogo, por 1 a 0, e agora jogam por um empate, na Argentina, para sair com o título.

Se a taça de campeão viajar até o Rio Grande do Sul, contribuirá para que o Atlético consiga a tão sonhada vaga para a Libertadores de 2018. Em décimo lugar, os jogadores esperam que o Grêmio seja campeão para o G-7 do Campeonato Brasileiro virar G-8, podendo chegar a G-9 caso o Flamengo passe pelo Junior Barranquila e vença a Copa Sul-Americana. Ambos, Flamengo e Grêmio, ocupam posições entre os sete primeiros, o que abriria mais duas vagas.

“Bom, hoje estou no Galo e tudo o que for a favor nosso eu vou torcer. Se o Grêmio ganhar a gente pode entrar na Libertadores. Então, tenho que torcer pelo Grêmio, pois hoje estou no Atlético e tenho que dar a vida aqui. O que for bom para nós será bem-vindo”, comentou Valdívia.

O lateral esquerdo Fábio Santos, que teve passagem pelo Grêmio, também ficará na torcida pelos amigos, lamentando o fato do Atlético necessitar de outros clubes para conseguir a vaga.

Triste por ter que chegar na última rodada e precisar da ajuda de outros times. Temos que fazer nossa parte em casa e ver o que vai acontecer. A torcida pelo Grêmio é natural, tenho amigos lá, joguei lá. Acredito que eles merecem esse título”, falou.

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, o Galo trava briga com Flamengo, Vasco, Botafogo, Chapecoense, Bahia e São Paulo pelas últimas vagas à Libertadores do ano que vem.