Atlético-MG renova com zagueiro e capitão Leonardo Silva por mais um ano

Xerife de 38 anos passará mais uma temporada vestindo as cores alvinegras

Atlético-MG renova com zagueiro e capitão Leonardo Silva por mais um ano
Léo Silva em ação durante o último jogo do Brasileirão 2017, contra o Grêmio (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Zagueiro e capitão do Atlético-MG, Leonardo Silva estendeu seu contrato com o clube por mais um ano e jogará a temporada de 2018 pelo clube mineiro. A sua renovação foi publicada na tarde desta segunda-feira (4), no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF.

A renovação do camisa 3 com o clube estava em dúvida pelo ano irregular vivido pelo zagueiro no Atlético-MG. Com muitas contusões e alguns longos períodos no departamento médico, Léo Silva não pôde ajudar como nas temporadas anteriores. Ele atuou em 38 dos 71 jogos do clube na temporada, marcando apenas um gol, na vitória contra o Coritiba, por 3 a 0, no Independência, pelo Brasileirão.

Além de Leonardo Silva, o clube também prorrogou o contrato do também zagueiro Matheus Mancini até 2020. O zagueiro, que é filho do técnico do Vitória, Vagner Mancini, chegou ao clube no começo do ano junto ao Botafogo de Ribeirão Preto e agradou nas oportunidades em que esteve em campo.

Pelo Galo, Léo Silva conquistou 7 títulos: Copa Libertadores, em 2013, Recopa Sul-Americana, em 2014, Copa do Brasil, em 2014, e quatro vezes o Campeonato Mineiro: 2012, 2013, 2015 e 2017.

A renovação do zagueiro ocorreu em momento em que a vida política do clube está bem agitada. O mandato do então presidente Daniel Nepomuceno chegou ao fim e uma eleição será realizada para definir os novos nomes que assumem a cupula do time alvinegro. A tendência é que o advogado Sérgio Sette Câmara, candidato da situação, seja eleito o novo presidente do clube.

Este fim de ano também coloca em dúvida outras renovações, como a dos atacantes Robinho e Rafael Moura. O camisa 7 ainda não acertou a sua permanência mas afirmou que conversas com o clube estão bem adiantadas. Já o He-Man afirma que houve algumas conversas para que ele se transfira para o Botafogo, mas afirmou o seu desejo de permanecer no Atlético, clube a quem está dando a prioridade.